Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CDU LUMIAR

Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

CDU LUMIAR

Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

Contra os baixos salários e a precariedade

Sobreda, 23.05.08

Trabalhadores não docentes do ensino básico e secundário manifestaram-se em frente do Ministério da Educação, em Lisboa, no âmbito da greve que ontem perturbou o funcionamento de muitas escolas. O protesto visou contestar a precariedade e o projecto do Governo de transferir para os municípios os serviços dos auxiliares educativos.

A Federação dos Sindicatos da Função Pública (FSFP), que organizou a manifestação, acusa o Governo de adiar a negociação do caso de 5 mil trabalhadores cujo segundo contrato a prazo termina em Agosto, o que implicará o seu despedimento.

Nos números existe uma certeza: um em cada quatro trabalhadores do sector está em situação precária. A FSFP afirma que há 45 mil trabalhadores não docentes e que a adesão à greve de ontem esteve entre 60% e 65%. O Ministério garante que o universo do pessoal não docente que passará para as autarquias no próximo ano lectivo abrange 36 mil pessoas.

Para além da elevada precariedade, os salários do sector são baixos e o trabalho difícil. “Fazemos de tudo, tomamos conta dos miúdos, limpeza, jardinagem”, explicou uma das auxiliares de educação. E uma sua colega, cujo contrato termina este ano, afirmava temer a falta de empregos na sua terra. “Com tanto pessoal a mais nas Câmaras, querem passar-nos para lá”, dizia outra manifestante, para concluir que os precários a trabalhar nas escolas seriam os mais fáceis de despedir, quando estivessem nas autarquias.

Na manifestação esta foi uma ideia muito repetida, pois os não docentes temem a futura privatização dos serviços que prestam. “Vão começar a sobrar, entre aspas, trabalhadores”, explicou a representante da FSFP. Falando dos que terminam o vínculo laboral em Agosto, a sindicalista acrescentou que “se estes trabalhadores se forem embora, não haverá condições” para muitas das escolas funcionarem no início do próximo ano lectivo.

Por tudo isto, os sindicatos exigem a integração dos trabalhadores em fim de vínculo e o Ministério responde que deseja isso mesmo porque “estes trabalhadores são necessários ao funcionamento das escolas”, mas também explicou que a questão tem de ser analisada no âmbito da transferência de competências para as autarquias 1.

Durante a manifestação, os não docentes aprovaram uma moção, onde reivindicam uma reunião urgente com a tutela, afirmando não aceitar o despedimento dos contratados. Por outro lado, os trabalhadores recusam a anunciada transferência para os municípios, o que deverá acontecer já em Setembro. Por fim, exigem a manutenção das carreiras específicas e, caso não haja recuo por parte do ME, os não docentes ameaçam com mais jornadas de protesto 2.

 

1. Ver http://dn.sapo.pt/2008/05/22/sociedade/trabalhadores_protestam_contra_baixo.html

2. Ver http://jn.sapo.pt/2008/05/22/nacional/trabalhadores_docentes_sairam_a_cont.html

II Festival ART Jovem

Sobreda, 22.05.08

 

 

Realiza-se neste fim-de-semana de 24 e 25 de Maio o II Festival da Juventude de Telheiras, nos Jardins da Praça Central.

Dirigido a todos os escalões etários, com muita animação, concertos, dança e jogos.

Todo um bairro num Jardim. Participe!

 

 

Nota: A organização informa que no caso de se verificar mau tempo, o Festival poderá ter de ser adiado para o fim-de-semana seguinte.

 

Sobre o I Festival ler http://cdulumiar.blogs.sapo.pt/155218.html e http://cdulumiar.blogs.sapo.pt/170368.html

A hora fatídica

Sobreda, 22.05.08

O jovem que foi baleado de madrugada no Bairro Alto, em Lisboa, morreu esta manhã no bloco operatório do Hospital de São José, disse fonte do comando metropolitano da PSP.

O indivíduo, entre os 20 e 25 anos, não resistiu ao ferimento da bala na zona lombar, na sequência de um desacato no Bairro Alto, ocorrido cerca das 3h00, próximo do cruzamento entre a Rua do Diário de Notícias e a Travessa da Cara.

Segundo a mesma fonte policial, o autor do disparo pôs-se em fuga, desconhecendo-se a sua identidade. A PSP isolou o local onde se deu o crime, entregando a investigação à Polícia Judiciária.

Que (infeliz) premonição a do senhor procurador. Até acertou na hora fatídica. (Ler o artigo anterior).

 

Ver Público 2008-05-22 - 10h25

O medo da noite

Sobreda, 22.05.08
Em declarações proferidas durante um jantar organizado por uma associação de antigos alunos de uma Universidade privada em Lisboa, o procurador-geral da República, afirmou que, apesar de o número de “homicídios ter descido”, “há um sentimento de insegurança em Portugal”.
Num surpreendente discurso de improviso, esclareceu que “antigamente roubavam carros que nós deixávamos nos parques. Agora, roubam-nos com as pessoas lá dentro”, esclarecendo que para esse medo contribuiu também o exemplo dos “crimes (organizados) da noite do Porto”.
E, já perto do final da sua dissertação, decidiu comparar a sua terra natal (no concelho de Almeida) com Lisboa: “Lá posso andar à vontade. Hoje tenho perfeita noção de que há sítios em Lisboa onde não posso ir à noite. Às três da manhã não me vou arriscar a ir passear para o Cais do Sodré”.
De certeza que não era propriamente esta a prédica que os ouvintes estariam à espera de ouvir, mas sim, que medidas planeiam os poderes públicos implementar para inverter aquelas situações de insegurança.
Bem prega Frei Tomás…
 
Ver DEconómico 2008-05-21, 41

Vereadores do PCP oficiaram o Conselho de Administração da CARRIS

teresa roque, 21.05.08

 

Vereadores do PCP oficiaram o Conselho de Administração da CARRIS no sentido da resolução dos problemas relativos à existência de novas e/ou de reforço de carreiras de autocarro.
19-05-2008
 

 

Ofício Nº 0120/GAVERPCP/08

Exmº Senhor
Presidente do Conselho de Administração da CARRIS

Na sequência de contactos, por eleitos da CDU em Lisboa, com a população de diversas áreas da cidade, solicitamos a V. Exª a resolução dos problemas que a seguir descriminamos, relativos à existência de novas e/ou de reforço de carreiras de autocarro:

1. A imperiosa necessidade, nos Bairros da Bela Flor e Cascalheira, de uma carreira que faça o seu percurso no interior destes bairros, tal como já foi solicitado à CARRIS, nomeadamente pelos Vereadores do PCP, em Dezembro de 2007.
Sublinhamos que estes bairros sofreram grandes alterações a partir de 2002, com o realojamento de centenas de novos moradores, que se vêm privados de qualquer transporte público.

2. Em idêntica situação se encontram os moradores dos novos bairros sociais da Ameixoeira/Galinheiras, onde apenas passam duas carreiras da CARRIS – 106 e 108 – na Estrada Militar, a distâncias consideráveis das áreas residenciais, igualmente com centenas de novos moradores.
Neste caso, é sugerido que a CARRIS estude o melhor trajecto no sentido de servir os moradores das seguintes ruas:
Rua Fernando Alves (PER 3), Rua Fernando Gusmão e Rua B (PER 6), Rua Varela Silva (PER 2), Rua António Vilar (PER 4) e Rua Monteiro Belard, esta já no antigo Bairro das Galinheiras, onde também existe uma nova urbanização a custos controlados, para jovens.

3. Na Quinta do Lavrado, apesar da passagem da carreira 30, esta situação cria problemas sérios de mobilidade aos moradores tendo em conta o grande intervalo horário entre os autocarros e o facto de, a partir das 21h30m, deixar de existir esta carreira, isolando esta população do resto da cidade.

4. No Bairro Santos, o fim da carreira 31 até à Baixa (encurtada actualmente a Sete-Rios) exige um primeiro transbordo neste local para ter acesso à carreira 746 (sobre-utilizada e com intervalos de baixa frequência) e, um outro, no Marquês de Pombal.
Por outro lado, o actual percurso desta carreira dentro do bairro não permite aceder ao Centro de Saúde.
Sublinhe-se que este bairro populoso da nova cidade foi perdendo sucessivamente as carreiras que o serviam: 31A, 11 e 11A.

Com os melhores cumprimentos

Lisboa, 19 de Maio de 2008

A Vereadora



Rita Magrinho

 

Três Estudos de Eugénio Rosa - Um apoio ao esclarecimento e mobilização

cdulumiar, 20.05.08

Eugénio Rosa publicou um importante estudo, estruturado em perguntas e respostas, sobre "As Leis e Projectos de Decretos e de Leis do Governo de Sócrates para a Administração Pública", e suas consequências para os trabalhadores e para a população. Um instrumento fundamental para melhor intervir no esclarecimento e mobilização dos trabalhadores para a luta. Divulgamos ainda outros dois Estudos, sobre o aumento de Combustíveis e sobre o Desemprego.

Ver Estudos de Eugénio Rosa em PDF:

- 25 perguntas e respostas sobre projectos para a Administração Pública
- Sobre Aumentos de Combustíveis
- Sobre o desemprego em Portugal
 

DORL do PCP aos Trabalhadores: As propostas do Governo agravariam a precariedade laboral em Portugal

cdulumiar, 19.05.08

Decorreu durante toda a quinta-feira uma acção de propaganda de informação e mobilização dos trabalhadores e das populações da DORL do PCP onde se sublinha que as propostas do Governo de revisão gravosa do Código do Trabalho agravariam a precariedade laboral em Portugal ao contrário do que afirma a propaganda governamental. Esta acção é suportada num documento de propaganda que podes ler aqui em PDF .

 

É hoje, é hoje !

Sobreda, 19.05.08
Os portugueses terminam hoje - 2ª f, dia 19 de Maio - os 139 dias de trabalho necessários só para pagar os impostos. Ou seja, em cada dez dias do ano, quatro (38%) são passados a ‘trabalhar para o Estado’, a fim de pagar os seus ‘compromissos’ fiscais.
De facto, desde 2003, que as famílias portuguesas têm vindo a dedicar cada vez mais dias de trabalho para pagarem os seus impostos e este ano não foi excepção, com mais um dia de trabalho do que em 2007.
Mesmo assim, quando contabilizada a dívida pública, apenas a partir de 17 de Junho é que os cidadãos lusos começam a trabalhar para a própria carteira, também mais um dia do que no ano passado.
Mais espantoso é o facto de as contas já incluírem a recente redução do IVA para 20% a entrar em vigor em Julho, e sem qualquer alívio da carga fiscal a incidir no IRS dos trabalhadores.
Recorde-se que no final da semana passada o INE divulgou dados sobre o abrandamento da economia portuguesa, confirmando os dados também divulgados pelo Banco de Portugal, Bruxelas, o FMI e o Banco Mundial e que apenas “o Governo teimosamente não quis aceitar”.
 
Ver Destak 2008-05-16

Hoje há eleições na ART

Sobreda, 17.05.08

A Associação de Residentes de Telheiras (A.R.T.) é uma associação de residentes que, através de ma participação cívica consciente, procuram resolver problemas da comunidade, nesta área de Lisboa. Através da Associação, os residentes de Telheiras procuram fomentar:

A criação de infra-estruturas de apoio directo à comunidade residente;
A realização de actos que visem promover, directa ou indirectamente, o aperfeiçoamento social, cultural, físico e cívico dos seus membros residentes;
O espírito de solidariedade e civismo entre os residentes da área de Telheiras, efectuando e promovendo reuniões, visitas, actividades desportivas, sociais ou intelectuais, no sentido de defender, preservar e melhorar as vertentes urbanística e ecológica desta área residencial;
A animação cultural, social, desportiva e recreativa, desenvolvendo e promovendo actividades em áreas em que os associados e os residentes manifestem interesse: Vertente Recreativa;
A participação dos residentes de Telheiras, como interlocutores indispensáveis, em todas as decisões importantes, relacionadas com a vida do bairro, com especial incidência nas questões da qualidade do ambiente urbano, do meio escolar e da segurança, aprofundando relações institucionais com os principais decisores políticos e administrativos, numa vertente reivindicativa e de participação cívica.
O apoio aos residentes - numa vertente de serviço - em questões de natureza pública ligadas à vivência no bairro, facilitando e agilizando a sua resolução através de contributos específicos ou do seu correcto encaminhamento.
Hoje há eleições. Participe e defenda a qualidade de vida do seu bairro !