Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

.Temas

. cml(388)

. governo(157)

. telheiras(157)

. cdu(146)

. lumiar(133)

. eleições autárquicas(131)

. urbanismo(117)

. pcp(101)

. alta do lumiar(97)

. partidos políticos(96)

. segurança(94)

. orçamento(93)

. carnide(84)

. pev(83)

. trabalho(83)

. desemprego(77)

. saúde(76)

. trânsito(74)

. sindicatos(70)

. economia(68)

. todas as tags

.Pesquisar neste blogue

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
23
24
29
30
31

.Artigos recentes

. Gestão incompetente, estr...

. A comunicação social é um...

. Apontamentos insuficiente...

. Notas sobre a sessão de c...

. Cínicos e desprezíveis

. Assembleia da ´República ...

. 26 Março - Manifestação N...

. Festa do AVANTE promove «...

. Ensino Profissional em Po...

. O movimento associativo p...

. Realizou-se a Assembleia ...

. Que política é esta?

. Orçamento do Estado para ...

. 13 Março - Assembleia da ...

. Acção Nacional dia 16 – “...

. 18 Março - Inauguração da...

. CML - Segunda Circular e ...

. 100 anos, 100 acções do P...

. Um grande Comício no Aniv...

. Câmara de Lisboa: Grandes...

. Taxas na Cidade de Lisboa...

. ...

. Lutar: A resposta dos tra...

. Obras na escola pré-fabri...

. CT Lumiar - Almoço comemo...

. PCP contacta trabalhadore...

. 6 Março - Comicio Anivers...

. REÚNE EM ÉVORA O PRÓXIMO ...

. CML - Orçamento participa...

. PCP apresenta na Assemble...

. Requerimento sobre o Bair...

. O TRATADO DO GRANDE CAPIT...

. Injustiça nas leis, (in)j...

. Medidas do Governo são in...

. Desemprego e Pensões a re...

. LINHAS DE ALTA TENSÃO - O...

. HOJE NO COLISEU - A homen...

. PCP: Em defesa da Saúde p...

. 27 Novembro, O Capital Re...

. 4 Dezembro - Homenagem a ...

. 25 Novembro, Debate promo...

. A RESPOSTA NECESSÁRIA E I...

. PCP quer reduzir desigual...

. O salto à Vara

. Aumento do Salário Mínimo...

. Dívidas à Segurança Socia...

. Combate à corrupção em di...

. Associação Iúri Gagárin p...

. Despedimentos e encerrame...

. O Sr. Governador

.Arquivos

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Ligações

Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008

Cheiros suspeitos

O Metropolitano de Lisboa encerrou ontem à tarde duas estações da Linha amarela - a da Cidade Universitária e a de Entrecampos - por ter sido detectado “um cheiro intenso a gás”. A empresa transportadora entendeu encerrar as duas estações, às 14h39, por “motivos de segurança”, após ter sido detectado cheiro a gás nos espaços de acesso ao metro e corredores adjacentes.
Os responsáveis daquele transporte público entenderam “accionar os mecanismos normais para situações deste género”. Enquanto as duas estações se mantiveram encerradas, as autoridades permaneceram até à noite nos locais a averiguar as causas e a origem do gás, que a Protecção Civil já garantiu não ser gás natural 1.
Como o forte odor se espalhava gradualmente, os Bombeiros Sapadores de Lisboa evacuaram vários locais de trabalho e habitações, tendo definido, pelas 15:30, um perímetro das averiguações desde o Campo Grande, Saldanha e Praça de Espanha até à Avenida João XXI.
Os edifícios junto às Avenidas das Forças Armadas e de 5 de Outubro foram entretanto evacuados, mesmo depois de a normalidade ter sido reposta nos edifícios do ISCTE e nalguns departamentos da Faculdade de Farmácia, que tinham sido evacuados pela hora de almoço. As estações de Metro de Entrecampos e Cidade Universitária foram também encerradas, mas por decisão da própria empresa.
Também os hospitais e o Aeroporto de Lisboa foram contactados, para confirmar que nada havia sido despejado nos esgotos que pudesse provocar o cheiro semelhante a gás. A Protecção Civil garantiu já que a origem está no exterior e não no interior dos edifícios 2.
Até à noite passada, os Bombeiros não haviam ainda conseguido apurar a origem do cheiro a gás, tudo indicando “que terá sido uma substância (química) lançada nos esgotos”. Os resultados das análises às amostras recolhidas pelos técnicos do Ministério do Ambiente só serão conhecidos durante o dia de hoje 3.
 
1. Ler http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/95cb2dd59c22c099810aea.html
2. Ler http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/947aa438b1fafe913491c0.html e http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=75837
3. Ver www.correiodamanha.pt/noticia.asp?id=273934&idselect=10&idCanal=10&p=200
publicado por Sobreda às 03:42
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

.Participar

. Participe neste blogue