Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

.Temas

. cml(388)

. governo(157)

. telheiras(157)

. cdu(146)

. lumiar(133)

. eleições autárquicas(131)

. urbanismo(117)

. pcp(101)

. alta do lumiar(97)

. partidos políticos(96)

. segurança(94)

. orçamento(93)

. carnide(84)

. pev(83)

. trabalho(83)

. desemprego(77)

. saúde(76)

. trânsito(74)

. sindicatos(70)

. economia(68)

. todas as tags

.Pesquisar neste blogue

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
23
24
29
30
31

.Artigos recentes

. Gestão incompetente, estr...

. A comunicação social é um...

. Apontamentos insuficiente...

. Notas sobre a sessão de c...

. Cínicos e desprezíveis

. Assembleia da ´República ...

. 26 Março - Manifestação N...

. Festa do AVANTE promove «...

. Ensino Profissional em Po...

. O movimento associativo p...

. Realizou-se a Assembleia ...

. Que política é esta?

. Orçamento do Estado para ...

. 13 Março - Assembleia da ...

. Acção Nacional dia 16 – “...

. 18 Março - Inauguração da...

. CML - Segunda Circular e ...

. 100 anos, 100 acções do P...

. Um grande Comício no Aniv...

. Câmara de Lisboa: Grandes...

. Taxas na Cidade de Lisboa...

. ...

. Lutar: A resposta dos tra...

. Obras na escola pré-fabri...

. CT Lumiar - Almoço comemo...

. PCP contacta trabalhadore...

. 6 Março - Comicio Anivers...

. REÚNE EM ÉVORA O PRÓXIMO ...

. CML - Orçamento participa...

. PCP apresenta na Assemble...

. Requerimento sobre o Bair...

. O TRATADO DO GRANDE CAPIT...

. Injustiça nas leis, (in)j...

. Medidas do Governo são in...

. Desemprego e Pensões a re...

. LINHAS DE ALTA TENSÃO - O...

. HOJE NO COLISEU - A homen...

. PCP: Em defesa da Saúde p...

. 27 Novembro, O Capital Re...

. 4 Dezembro - Homenagem a ...

. 25 Novembro, Debate promo...

. A RESPOSTA NECESSÁRIA E I...

. PCP quer reduzir desigual...

. O salto à Vara

. Aumento do Salário Mínimo...

. Dívidas à Segurança Socia...

. Combate à corrupção em di...

. Associação Iúri Gagárin p...

. Despedimentos e encerrame...

. O Sr. Governador

.Arquivos

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Ligações

Sexta-feira, 14 de Março de 2008

Funcionários da CML descontentes

Vive-se na CML um clima de medo de represálias. Alguns funcionários socialistas dizem que vivem num clima difícil depois do actual executivo da autarquia ter mantido as chefias dos departamentos que lá foram colocadas pelo PSD, encontrando-se numa situação de “descontentamento e medo” e num sentimento de impunidade. Consideram ainda que “todas as más chefias continuaram com o executivo socialista e portanto continuará também a má gestão” na CML.
Este descontentamento do pessoal da CML continua desde o tempo das anteriores vereações do PSD, uma vez que encontra a sua raiz no facto de o executivo socialista ter mantido as mesmas pessoas à frente dos departamentos da autarquia, resultado possível do facto da maior parte dos vereadores eleitos pelo PS serem independentes.
Terá havido “uma grande expectativa com estas eleições intercalares para muitos dos funcionários e especialmente para os militantes e simpatizantes do PS, que sabiam que algo devia mudar, pois a CML estava mal tanto ao nível da vereação como ao nível das chefias”. Os funcionários do município lisboeta consideram que havia uma prepotência onde os directores punham e dispunham, como por exemplo ao nível das decisões nas mudanças dos horários e das horas extra e com “estas eleições esperava-se que algo mudasse”.
Acontece é que “há uma grande confusão na vereação da câmara e não se percebe se é por serem independentes ou não”. "A nova direcção tomou posse e as chefias mantiveram o seu lugar”, e assim, “todas as más chefias continuaram com o executivo socialista e portanto continua a má gestão”. Diz-se que estas chefias, “ao continuarem no seu lugar, pensam que podem fazer tudo e de certo modo tem sido verdade”.
Exemplo também da confusão que se vive nas chefias da CML, foi a curiosa situação relatada por um elemento que trabalha na autarquia de uma pessoa que ia ser nomeada para uma direcção, que foi ‘desnomeada’ no dia em que se estava a apresentar ao serviço que ia dirigir.
Afinal, parece que as esperanças neste mandato radicavam apenas numa nova distribuição dos lugares, com a ‘cor’ política  a mudar de laranja para rosa. As eleições serviriam apenas para legitimá-la. Ora agora estás lá tu, ora agora 'jobs' para mim...
 
Ver www.semanario.pt/noticia.php?ID=3990
publicado por Sobreda às 02:01
Link do artigo | Adicionar aos favoritos
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.Participar

. Participe neste blogue