Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CDU LUMIAR

Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

CDU LUMIAR

Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

Assalto de proximidade

Sobreda, 06.04.07

A PSP anunciou ontem a detenção de um homem de 17 anos, suspeito de 12 roubos, alguns com ameaça de faca e agressões físicas. Os assaltos, feitos com outros co-arguidos já identificados pela polícia, ocorreram na Amadora, no interior de comboios da Linha de Sintra e do metropolitano da capital, no Parque das Nações, em Sete Rios e, como sempre, em… Telheiras.

O detido e os seus cúmplices costumavam abordar as vítimas para pedir cigarros e dinheiro, como forma de as estudar. Logo de seguida começavam a ameaçar os seus alvos, quer com facas, quer com agressões físicas 1. Nas instalações da polícia o rapaz foi reconhecido por sete das pessoas assaltadas 2.

Em Telheiras, os moradores protestam contra o anunciado encerramento da esquadra da PSP. Noutra cidade portuguesa o sentimento de insegurança originado por uma série de assaltos e actos de vandalismo levou um grupo de cidadãos a promover uma recolha de assinaturas a pedir ao ministro da Administração Interna mais policiamento 3.

Estudos apontam que o medo pode ser desproporcionado face ao risco real de vitimização. Mas as taxas de assaltos nas áreas metropolitanas de Lisboa e Porto já terão atingido níveis muito semelhantes aos de muitas regiões da UE. Por outro lado, apenas um em cada três crimes é participado à polícia, o que se explica pela falta de confiança na actuação das forças de segurança e pelo descrédito do sistema judicial. Os problemas de insegurança radicam sobretudo na pequena criminalidade de rua e na delinquência juvenil 4.

A aposta deve por isso ser feita num policiamento de reconhecimento. Ou seja, a solução pode não passar por abrir novas esquadras ou pôr apenas mais polícias na rua, mas sim por colocar na rua um polícia que conheça a área que patrulha e os seus residentes e seja por estes reconhecido. Quem não se lembra da ‘velha’ figura de guarda-nocturno? 5.

Só aumentando a confiança dos cidadãos nas forças policiais se pode ganhar um clima de tranquilidade. Tudo isto implica uma alteração profunda dos estilos de policiamento e uma reconversão radical do actual modelo burocratizado.

Então, contra o ‘ladrão de proximidade’ invista-se numa resposta de proximidade para reconquistar a confiança dos cidadãos. Por que espera o Governo? Para quando a criação da polícia de proximidade? Será que este ‘jovem’ vai ser libertado, ficando também em prisão preventiva com a gentil oferta da já habitual ‘pulseirinha’? 6.

1. Ver www.correiomanha.pt/noticia.asp?id=237334&idCanal=21

2. “Detido suspeito de assaltos no comboio” JNotícias 2007-04-05

3. Ver www.correiomanha.pt/noticia.asp?id=236944&idCanal=10

4. Ver http://dossiers.publico.pt/cidadania/html/inseguranca.htm

5. Ver www.cm-lisboa.pt/?id_item=12271&id_categoria=11

6. Ver “A pulseira” no URL http://cdulumiar.blogs.sapo.pt/20704.html