Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

.Temas

. cml(388)

. governo(157)

. telheiras(157)

. cdu(146)

. lumiar(133)

. eleições autárquicas(131)

. urbanismo(117)

. pcp(101)

. alta do lumiar(97)

. partidos políticos(96)

. segurança(94)

. orçamento(93)

. carnide(84)

. pev(83)

. trabalho(83)

. desemprego(77)

. saúde(76)

. trânsito(74)

. sindicatos(70)

. economia(68)

. todas as tags

.Pesquisar neste blogue

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
23
24
29
30
31

.Artigos recentes

. Gestão incompetente, estr...

. A comunicação social é um...

. Apontamentos insuficiente...

. Notas sobre a sessão de c...

. Cínicos e desprezíveis

. Assembleia da ´República ...

. 26 Março - Manifestação N...

. Festa do AVANTE promove «...

. Ensino Profissional em Po...

. O movimento associativo p...

. Realizou-se a Assembleia ...

. Que política é esta?

. Orçamento do Estado para ...

. 13 Março - Assembleia da ...

. Acção Nacional dia 16 – “...

. 18 Março - Inauguração da...

. CML - Segunda Circular e ...

. 100 anos, 100 acções do P...

. Um grande Comício no Aniv...

. Câmara de Lisboa: Grandes...

. Taxas na Cidade de Lisboa...

. ...

. Lutar: A resposta dos tra...

. Obras na escola pré-fabri...

. CT Lumiar - Almoço comemo...

. PCP contacta trabalhadore...

. 6 Março - Comicio Anivers...

. REÚNE EM ÉVORA O PRÓXIMO ...

. CML - Orçamento participa...

. PCP apresenta na Assemble...

. Requerimento sobre o Bair...

. O TRATADO DO GRANDE CAPIT...

. Injustiça nas leis, (in)j...

. Medidas do Governo são in...

. Desemprego e Pensões a re...

. LINHAS DE ALTA TENSÃO - O...

. HOJE NO COLISEU - A homen...

. PCP: Em defesa da Saúde p...

. 27 Novembro, O Capital Re...

. 4 Dezembro - Homenagem a ...

. 25 Novembro, Debate promo...

. A RESPOSTA NECESSÁRIA E I...

. PCP quer reduzir desigual...

. O salto à Vara

. Aumento do Salário Mínimo...

. Dívidas à Segurança Socia...

. Combate à corrupção em di...

. Associação Iúri Gagárin p...

. Despedimentos e encerrame...

. O Sr. Governador

.Arquivos

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Ligações

Sexta-feira, 6 de Abril de 2007

Assalto de proximidade

A PSP anunciou ontem a detenção de um homem de 17 anos, suspeito de 12 roubos, alguns com ameaça de faca e agressões físicas. Os assaltos, feitos com outros co-arguidos já identificados pela polícia, ocorreram na Amadora, no interior de comboios da Linha de Sintra e do metropolitano da capital, no Parque das Nações, em Sete Rios e, como sempre, em… Telheiras.

O detido e os seus cúmplices costumavam abordar as vítimas para pedir cigarros e dinheiro, como forma de as estudar. Logo de seguida começavam a ameaçar os seus alvos, quer com facas, quer com agressões físicas 1. Nas instalações da polícia o rapaz foi reconhecido por sete das pessoas assaltadas 2.

Em Telheiras, os moradores protestam contra o anunciado encerramento da esquadra da PSP. Noutra cidade portuguesa o sentimento de insegurança originado por uma série de assaltos e actos de vandalismo levou um grupo de cidadãos a promover uma recolha de assinaturas a pedir ao ministro da Administração Interna mais policiamento 3.

Estudos apontam que o medo pode ser desproporcionado face ao risco real de vitimização. Mas as taxas de assaltos nas áreas metropolitanas de Lisboa e Porto já terão atingido níveis muito semelhantes aos de muitas regiões da UE. Por outro lado, apenas um em cada três crimes é participado à polícia, o que se explica pela falta de confiança na actuação das forças de segurança e pelo descrédito do sistema judicial. Os problemas de insegurança radicam sobretudo na pequena criminalidade de rua e na delinquência juvenil 4.

A aposta deve por isso ser feita num policiamento de reconhecimento. Ou seja, a solução pode não passar por abrir novas esquadras ou pôr apenas mais polícias na rua, mas sim por colocar na rua um polícia que conheça a área que patrulha e os seus residentes e seja por estes reconhecido. Quem não se lembra da ‘velha’ figura de guarda-nocturno? 5.

Só aumentando a confiança dos cidadãos nas forças policiais se pode ganhar um clima de tranquilidade. Tudo isto implica uma alteração profunda dos estilos de policiamento e uma reconversão radical do actual modelo burocratizado.

Então, contra o ‘ladrão de proximidade’ invista-se numa resposta de proximidade para reconquistar a confiança dos cidadãos. Por que espera o Governo? Para quando a criação da polícia de proximidade? Será que este ‘jovem’ vai ser libertado, ficando também em prisão preventiva com a gentil oferta da já habitual ‘pulseirinha’? 6.

1. Ver www.correiomanha.pt/noticia.asp?id=237334&idCanal=21

2. “Detido suspeito de assaltos no comboio” JNotícias 2007-04-05

3. Ver www.correiomanha.pt/noticia.asp?id=236944&idCanal=10

4. Ver http://dossiers.publico.pt/cidadania/html/inseguranca.htm

5. Ver www.cm-lisboa.pt/?id_item=12271&id_categoria=11

6. Ver “A pulseira” no URL http://cdulumiar.blogs.sapo.pt/20704.html

publicado por Sobreda às 10:03
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

.Participar

. Participe neste blogue