Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

.Temas

. cml(388)

. governo(157)

. telheiras(157)

. cdu(146)

. lumiar(133)

. eleições autárquicas(131)

. urbanismo(117)

. pcp(101)

. alta do lumiar(97)

. partidos políticos(96)

. segurança(94)

. orçamento(93)

. carnide(84)

. pev(83)

. trabalho(83)

. desemprego(77)

. saúde(76)

. trânsito(74)

. sindicatos(70)

. economia(68)

. todas as tags

.Pesquisar neste blogue

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
23
24
29
30
31

.Artigos recentes

. Gestão incompetente, estr...

. A comunicação social é um...

. Apontamentos insuficiente...

. Notas sobre a sessão de c...

. Cínicos e desprezíveis

. Assembleia da ´República ...

. 26 Março - Manifestação N...

. Festa do AVANTE promove «...

. Ensino Profissional em Po...

. O movimento associativo p...

. Realizou-se a Assembleia ...

. Que política é esta?

. Orçamento do Estado para ...

. 13 Março - Assembleia da ...

. Acção Nacional dia 16 – “...

. 18 Março - Inauguração da...

. CML - Segunda Circular e ...

. 100 anos, 100 acções do P...

. Um grande Comício no Aniv...

. Câmara de Lisboa: Grandes...

. Taxas na Cidade de Lisboa...

. ...

. Lutar: A resposta dos tra...

. Obras na escola pré-fabri...

. CT Lumiar - Almoço comemo...

. PCP contacta trabalhadore...

. 6 Março - Comicio Anivers...

. REÚNE EM ÉVORA O PRÓXIMO ...

. CML - Orçamento participa...

. PCP apresenta na Assemble...

. Requerimento sobre o Bair...

. O TRATADO DO GRANDE CAPIT...

. Injustiça nas leis, (in)j...

. Medidas do Governo são in...

. Desemprego e Pensões a re...

. LINHAS DE ALTA TENSÃO - O...

. HOJE NO COLISEU - A homen...

. PCP: Em defesa da Saúde p...

. 27 Novembro, O Capital Re...

. 4 Dezembro - Homenagem a ...

. 25 Novembro, Debate promo...

. A RESPOSTA NECESSÁRIA E I...

. PCP quer reduzir desigual...

. O salto à Vara

. Aumento do Salário Mínimo...

. Dívidas à Segurança Socia...

. Combate à corrupção em di...

. Associação Iúri Gagárin p...

. Despedimentos e encerrame...

. O Sr. Governador

.Arquivos

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Ligações

Segunda-feira, 18 de Agosto de 2008

Troço da CRIL agride habitação e ambiente

Terminou hoje o prazo estabelecido pela “Estradas de Portugal” para que os moradores do bairro de Santa Cruz, em Benfica, desocupassem as suas habitações, para poderem avançar as obras de construção do último troço da CRIL.
Os residentes do bairro já afirmaram que não vão abandonar as suas casas e admitem usar meios próprios para impedir a demolição das suas casas, devido à construção do troço da CRIL-Circular Regional Interna de Lisboa.
Esta manhã, o porta-voz da comissão de moradores garantiu que “a maioria dos moradores não libertou o espaço e não vai libertar por considerar que a obra nesta zona é ilegal” porque consideram que o Governo alterou o projecto inicial, que previa a construção de “três mais três vias com túnel tapado e não quatro mais quatro a céu aberto”.
Os moradores pedem ainda que se trave este processo por estarem em causa os seus direitos básicos. “Já apelámos ao Presidente da República, às várias entidades responsáveis pela obra e ao presidente da CML no sentido de salvaguardarem os nossos direitos”.
Caso não obtenha resposta, a comissão de moradores admite usar meios próprios de protesto para travar as obras, que obrigam à demolição de algumas casas e anexos, no bairro de Santa Cruz. Prevê-se que as obras que visam a construção do último troço da CRIL fiquem concluídas até ao final do próximo ano 1.
Os moradores tinham entregue uma queixa na PGR por as cartas da Estradas de Portugal lhes terem apenas sido entregues nas vésperas da desocupação das habitações, recordando que não existindo ainda “projecto de execução aprovado para esta zona”, “a obra não pode ter início sem que este esteja aprovado e sem que exista o Relatório de Conformidade Ambiental do Projecto de Execução (RECAPE)” 2.
Também hoje foi publicado no Diário da República um Despacho que dispensa do Regulamento Geral do Ruído as obras no troço do IC 17/CRIL entre a Buraca e a Pontinha 3.
 
1. Ver www.rr.pt/InformacaoDetalhe.aspx?AreaId=11&SubAreaId=53&ContentId=257052
2. Ver http://cdulumiar.blogs.sapo.pt/300572.html
3. Ver Despacho nº 21436/2008, de 18 de Agosto
publicado por Sobreda às 22:12
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

.Participar

. Participe neste blogue