Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

.Temas

. cml(388)

. governo(157)

. telheiras(157)

. cdu(146)

. lumiar(133)

. eleições autárquicas(131)

. urbanismo(117)

. pcp(101)

. alta do lumiar(97)

. partidos políticos(96)

. segurança(94)

. orçamento(93)

. carnide(84)

. pev(83)

. trabalho(83)

. desemprego(77)

. saúde(76)

. trânsito(74)

. sindicatos(70)

. economia(68)

. todas as tags

.Pesquisar neste blogue

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
23
24
29
30
31

.Artigos recentes

. Gestão incompetente, estr...

. A comunicação social é um...

. Apontamentos insuficiente...

. Notas sobre a sessão de c...

. Cínicos e desprezíveis

. Assembleia da ´República ...

. 26 Março - Manifestação N...

. Festa do AVANTE promove «...

. Ensino Profissional em Po...

. O movimento associativo p...

. Realizou-se a Assembleia ...

. Que política é esta?

. Orçamento do Estado para ...

. 13 Março - Assembleia da ...

. Acção Nacional dia 16 – “...

. 18 Março - Inauguração da...

. CML - Segunda Circular e ...

. 100 anos, 100 acções do P...

. Um grande Comício no Aniv...

. Câmara de Lisboa: Grandes...

. Taxas na Cidade de Lisboa...

. ...

. Lutar: A resposta dos tra...

. Obras na escola pré-fabri...

. CT Lumiar - Almoço comemo...

. PCP contacta trabalhadore...

. 6 Março - Comicio Anivers...

. REÚNE EM ÉVORA O PRÓXIMO ...

. CML - Orçamento participa...

. PCP apresenta na Assemble...

. Requerimento sobre o Bair...

. O TRATADO DO GRANDE CAPIT...

. Injustiça nas leis, (in)j...

. Medidas do Governo são in...

. Desemprego e Pensões a re...

. LINHAS DE ALTA TENSÃO - O...

. HOJE NO COLISEU - A homen...

. PCP: Em defesa da Saúde p...

. 27 Novembro, O Capital Re...

. 4 Dezembro - Homenagem a ...

. 25 Novembro, Debate promo...

. A RESPOSTA NECESSÁRIA E I...

. PCP quer reduzir desigual...

. O salto à Vara

. Aumento do Salário Mínimo...

. Dívidas à Segurança Socia...

. Combate à corrupção em di...

. Associação Iúri Gagárin p...

. Despedimentos e encerrame...

. O Sr. Governador

.Arquivos

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Ligações

Sábado, 23 de Agosto de 2008

Lisboa sob ameaça de redução de maternidades

A Maternidade Alfredo da Costa, a maior do país e onde nascem seis mil crianças por ano, está no limite da sua capacidade.

 

 

 

A falta de capacidade de resposta é um problema que a instituição denuncia há um ano, mas que se agravou desde que começaram a receber as grávidas vindas do Hospital de Vila Franca de Xira, depois da urgência deste hospital ter encerrado em Julho, devido a risco de desmoronamento da cobertura.
Esta sobrecarga da Alfredo da Costa é agora agravada esta semana, devido ao encerramento, por falta de médicos, da urgência obstétrica do Hospital de São Francisco Xavier. As primeiras notícias davam conta de um encerramento pontual, por falta de um chefe de serviço, mas este hospital, que recebe pacientes do concelho de Lisboa e de Oeiras, acabou por anunciar ontem o encerramento da urgência por, uma semana, por falta de médicos.
A maternidade afirma que há profissionais que já estão a trabalhar quando deviam estar de férias e que médicos com mais de 55 anos, que, por lei, não são obrigados a fazer urgência, vieram reforçar as equipas. Mesmo assim esta noite a urgência vai funcionar com seis médicos quando, por lei, está obrigada a ter oito 1.
A situação na área de Lisboa que parecia pontual agudizou-se, o que motivou uma reunião de urgência do Hospital com a ARS-LVT. E complica-se ainda mais com as recentes declarações do presidente da ARS-LVT, ao afirmar que, a curto/médio prazo, “as quatro maternidades (de Lisboa) podem fundir-se em duas: Alfredo da Costa e Hospital de Santa Maria”, o que deixaria de fora o serviço da Estefânia e de São Francisco Xavier.
A fusão das maternidades em Lisboa é uma solução que, afirma, vai ser estudada “perante as graves carências de médicos que estão a afectar alguns serviços de obstetrícia”.
A hipótese já havia sido debatida, mas volta agora a colocar-se depois de o Hospital de São Francisco Xavier ter anunciado ontem que vai fechar as urgências de obstetrícia de hoje até dia 30, por falta de recursos. Neste momento, os turnos diários estão a ser mantidos com ajuda de empresas prestadoras de serviços que “também estão a falhar” 2.
 
1. Ver http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1340184&idCanal=62

2. Ver http://dn.sapo.pt/2008/08/23/sociedade/lisboa_pode_a_so_duas_maternidades.html

publicado por Sobreda às 17:20
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

.Participar

. Participe neste blogue