Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

.Temas

. cml(388)

. governo(157)

. telheiras(157)

. cdu(146)

. lumiar(133)

. eleições autárquicas(131)

. urbanismo(117)

. pcp(101)

. alta do lumiar(97)

. partidos políticos(96)

. segurança(94)

. orçamento(93)

. carnide(84)

. pev(83)

. trabalho(83)

. desemprego(77)

. saúde(76)

. trânsito(74)

. sindicatos(70)

. economia(68)

. todas as tags

.Pesquisar neste blogue

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
23
24
29
30
31

.Artigos recentes

. Gestão incompetente, estr...

. A comunicação social é um...

. Apontamentos insuficiente...

. Notas sobre a sessão de c...

. Cínicos e desprezíveis

. Assembleia da ´República ...

. 26 Março - Manifestação N...

. Festa do AVANTE promove «...

. Ensino Profissional em Po...

. O movimento associativo p...

. Realizou-se a Assembleia ...

. Que política é esta?

. Orçamento do Estado para ...

. 13 Março - Assembleia da ...

. Acção Nacional dia 16 – “...

. 18 Março - Inauguração da...

. CML - Segunda Circular e ...

. 100 anos, 100 acções do P...

. Um grande Comício no Aniv...

. Câmara de Lisboa: Grandes...

. Taxas na Cidade de Lisboa...

. ...

. Lutar: A resposta dos tra...

. Obras na escola pré-fabri...

. CT Lumiar - Almoço comemo...

. PCP contacta trabalhadore...

. 6 Março - Comicio Anivers...

. REÚNE EM ÉVORA O PRÓXIMO ...

. CML - Orçamento participa...

. PCP apresenta na Assemble...

. Requerimento sobre o Bair...

. O TRATADO DO GRANDE CAPIT...

. Injustiça nas leis, (in)j...

. Medidas do Governo são in...

. Desemprego e Pensões a re...

. LINHAS DE ALTA TENSÃO - O...

. HOJE NO COLISEU - A homen...

. PCP: Em defesa da Saúde p...

. 27 Novembro, O Capital Re...

. 4 Dezembro - Homenagem a ...

. 25 Novembro, Debate promo...

. A RESPOSTA NECESSÁRIA E I...

. PCP quer reduzir desigual...

. O salto à Vara

. Aumento do Salário Mínimo...

. Dívidas à Segurança Socia...

. Combate à corrupção em di...

. Associação Iúri Gagárin p...

. Despedimentos e encerrame...

. O Sr. Governador

.Arquivos

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Ligações

Segunda-feira, 25 de Agosto de 2008

Ninguém estrangula esta Festa!

A 32ª edição da Festa do Avante! vai decorrer entre 5 e 7 de Setembro, na Quinta da Atalaia, no Seixal. No texto de introdução ao programa da Festa lê-se que «a lei dos partidos e do seu financiamento» está «cirurgicamente apontada ao PCP» e que «visa pura e simplesmente a liquidação» do Avante!.

Ruben de Carvalho, do comité central do PCP, defendeu que a lei do financiamento dos partidos visa particularmente o Partido Comunista e que «é uma tentativa de estrangulamento» da Festa do Avante! mas garante o cumprimento da mesma.
«Esta é uma daquelas leis feitas já com um destino», afirmou Ruben de Carvalho a propósito do limite imposto pela nova lei no que respeita à angariação de fundos, durante a conferência de imprensa de apresentação do programa da Festa do Avante!.
«[A lei] é uma tentativa de estrangulamento da realização da festa, porque não há mais nenhuma iniciativa deste género», justificou o comunista e membro da comissão organizadora da Festa do Avante!.
«Por exemplo, se vier à festa e comprar uma cerveja paga 'X'. Nós defendemos que a receita é o 'X' menos o 'Y' que nós pagamos à marca que vende a cerveja e há outra versão que diz que a nossa receita é apenas o 'X'», explicou aos jornalistas. «No resultado líquido nós cumprimos a lei», garantiu.
Um membro do secretariado do PCP e organização da festa referiu que com a nova lei de financiamento dos partidos, «a angariação de fundos passou a ter um limite de cerca de 600 mil euros», adiantando que o produto final não atinge esse limite», mas defendeu que «o produto é sempre a receita menos a despesa e não só a receita».

«Os partidos não devem ter limitações num trabalho que resulta do esforço e da colaboração de militantes, de membros da JCP e de amigos do partido», acrescentou.

Temas:
publicado por cdulumiar às 21:09
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

.Participar

. Participe neste blogue