Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

.Temas

. cml(388)

. governo(157)

. telheiras(157)

. cdu(146)

. lumiar(133)

. eleições autárquicas(131)

. urbanismo(117)

. pcp(101)

. alta do lumiar(97)

. partidos políticos(96)

. segurança(94)

. orçamento(93)

. carnide(84)

. pev(83)

. trabalho(83)

. desemprego(77)

. saúde(76)

. trânsito(74)

. sindicatos(70)

. economia(68)

. todas as tags

.Pesquisar neste blogue

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
23
24
29
30
31

.Artigos recentes

. Gestão incompetente, estr...

. A comunicação social é um...

. Apontamentos insuficiente...

. Notas sobre a sessão de c...

. Cínicos e desprezíveis

. Assembleia da ´República ...

. 26 Março - Manifestação N...

. Festa do AVANTE promove «...

. Ensino Profissional em Po...

. O movimento associativo p...

. Realizou-se a Assembleia ...

. Que política é esta?

. Orçamento do Estado para ...

. 13 Março - Assembleia da ...

. Acção Nacional dia 16 – “...

. 18 Março - Inauguração da...

. CML - Segunda Circular e ...

. 100 anos, 100 acções do P...

. Um grande Comício no Aniv...

. Câmara de Lisboa: Grandes...

. Taxas na Cidade de Lisboa...

. ...

. Lutar: A resposta dos tra...

. Obras na escola pré-fabri...

. CT Lumiar - Almoço comemo...

. PCP contacta trabalhadore...

. 6 Março - Comicio Anivers...

. REÚNE EM ÉVORA O PRÓXIMO ...

. CML - Orçamento participa...

. PCP apresenta na Assemble...

. Requerimento sobre o Bair...

. O TRATADO DO GRANDE CAPIT...

. Injustiça nas leis, (in)j...

. Medidas do Governo são in...

. Desemprego e Pensões a re...

. LINHAS DE ALTA TENSÃO - O...

. HOJE NO COLISEU - A homen...

. PCP: Em defesa da Saúde p...

. 27 Novembro, O Capital Re...

. 4 Dezembro - Homenagem a ...

. 25 Novembro, Debate promo...

. A RESPOSTA NECESSÁRIA E I...

. PCP quer reduzir desigual...

. O salto à Vara

. Aumento do Salário Mínimo...

. Dívidas à Segurança Socia...

. Combate à corrupção em di...

. Associação Iúri Gagárin p...

. Despedimentos e encerrame...

. O Sr. Governador

.Arquivos

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Ligações

Quinta-feira, 4 de Setembro de 2008

O regressa do polémico projecto para o Rato

A proposta de emissão da licença para um projecto de construção de um edifício de habitação e comércio no Largo do Rato, apresentada pelo vereador do Urbanismo da CML, foi chumbada, no passado dia 30 de Julho, por toda a oposição (11 votos) contra e apenas seis votos a favor (PS) 1.

O projecto do Rato destina-se a habitação (seis andares), áreas de comércio e circulação (pisos zero e -1) e estacionamento subterrâneo (4 andares). Daí que o projecto caia nas zonas de protecção de um Monumento Nacional (parte do Aqueduto das Águas Livres) e de quatro Imóveis de Interesse Público (Sinagoga Portuguesa Shaaré Tikvah, Real Fábrica das Sedas, Garagem Auto-Palace e Palácio Palmela, este último em vias de classificação na altura em que o projecto foi apreciado).
Agora, perante o chumbo, os arquitectos autores do projecto decidiram voltar a apresentá-lo numa sessão pública na Ordem dos Arquitectos, a realizar no dia 9 de Setembro, pelas 21h.

 

 

Maqueta do edifício do Rato (publicada no livro ‘Frederico Valsassina. Obras e projectos’, Caleidoscópio, 2007)
 
O projecto de arquitectura tem aliás sido objecto de controvérsia, mas o vereador defendeu, num comunicado datado de 28 de Julho, que “são cumpridas todas as disposições regulamentares aplicáveis” e que mantêm válida a aprovação do projecto de arquitectura pela anterior vereadora, em 22 de Julho de 2005.
Na reunião de CML, dois dias depois do comunicado, o vereador disse que se estava “perante um compromisso preexistente” (o projecto de arquitectura estava aprovado) e que a autarquia quis “negociar entre as partes para assegurar a melhor integração urbana” do edifício, bem como “salvaguardar a posição da Sinagoga” (oferecer à Comunidade Israelita a possibilidade de criar uma outra frente da Sinagoga para o espaço público).
Curioso será também o facto que o lote de terreno em questão terá sido “expressamente excluído” do Plano de Urbanização da Avenida da Liberdade e Zona Envolvente (PUALZE) “porque fazia parte do conjunto urbano do Largo do Rato, que precisava de ser requalificado e não esmagado com um edifício completamente novo” 2.
Entretanto, uma petição na Internet intitulada ‘Salvem o Largo do Rato’ e dirigida à A.R. e à CML, e que já reuniu mais de 4444 assinaturas, argumenta que o projecto “rebenta totalmente com a escala do Largo e descaracterizará definitivamente esta zona lisboeta [pela volumetria do edifício]”. O documento instiga mesmo as instituições referidas a travarem “imediatamente este projecto” 3.
 
1. Ver http://cdulumiar.blogs.sapo.pt/293398.html e http://cdulumiar.blogs.sapo.pt/302867.html
2. Ver http://novo.oasrs.org/conteudo/agenda/noticias-detalhe.asp?noticia=1321

3. Ver www.petitiononline.com/lgrato/petition.html

Temas: ,
publicado por Sobreda às 00:52
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

.Participar

. Participe neste blogue