Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

.Temas

. cml(388)

. governo(157)

. telheiras(157)

. cdu(146)

. lumiar(133)

. eleições autárquicas(131)

. urbanismo(117)

. pcp(101)

. alta do lumiar(97)

. partidos políticos(96)

. segurança(94)

. orçamento(93)

. carnide(84)

. pev(83)

. trabalho(83)

. desemprego(77)

. saúde(76)

. trânsito(74)

. sindicatos(70)

. economia(68)

. todas as tags

.Pesquisar neste blogue

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
23
24
29
30
31

.Artigos recentes

. Gestão incompetente, estr...

. A comunicação social é um...

. Apontamentos insuficiente...

. Notas sobre a sessão de c...

. Cínicos e desprezíveis

. Assembleia da ´República ...

. 26 Março - Manifestação N...

. Festa do AVANTE promove «...

. Ensino Profissional em Po...

. O movimento associativo p...

. Realizou-se a Assembleia ...

. Que política é esta?

. Orçamento do Estado para ...

. 13 Março - Assembleia da ...

. Acção Nacional dia 16 – “...

. 18 Março - Inauguração da...

. CML - Segunda Circular e ...

. 100 anos, 100 acções do P...

. Um grande Comício no Aniv...

. Câmara de Lisboa: Grandes...

. Taxas na Cidade de Lisboa...

. ...

. Lutar: A resposta dos tra...

. Obras na escola pré-fabri...

. CT Lumiar - Almoço comemo...

. PCP contacta trabalhadore...

. 6 Março - Comicio Anivers...

. REÚNE EM ÉVORA O PRÓXIMO ...

. CML - Orçamento participa...

. PCP apresenta na Assemble...

. Requerimento sobre o Bair...

. O TRATADO DO GRANDE CAPIT...

. Injustiça nas leis, (in)j...

. Medidas do Governo são in...

. Desemprego e Pensões a re...

. LINHAS DE ALTA TENSÃO - O...

. HOJE NO COLISEU - A homen...

. PCP: Em defesa da Saúde p...

. 27 Novembro, O Capital Re...

. 4 Dezembro - Homenagem a ...

. 25 Novembro, Debate promo...

. A RESPOSTA NECESSÁRIA E I...

. PCP quer reduzir desigual...

. O salto à Vara

. Aumento do Salário Mínimo...

. Dívidas à Segurança Socia...

. Combate à corrupção em di...

. Associação Iúri Gagárin p...

. Despedimentos e encerrame...

. O Sr. Governador

.Arquivos

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Ligações

Sábado, 28 de Abril de 2007

Franco convenceu os vereadores do PS

De novo se opta por transcrever, sem comentários, a notícia que se segue.

«O Sporting poderá estar mais perto de garantir a aprovação do projecto relativo aos terrenos do antigo estádio, que vai proporcionar um encaixe financeiro de 27,5 milhões de euros. Ontem, pelas 18 horas, o presidente dos leões, Filipe Soares Franco – acompanhado por Pedro Batalha Ribeiro e Miguel Salema Garção –, foi recebido na Câmara Municipal de Lisboa por três vereadores do Partido Socialista – Dias Baptista, Rui Paulo Figueiredo e Natalina Moura –, junto de quem esclareceu a posição do clube sobre esta matéria.

As explicações de Soares foram bem recebidas e, no final da reunião, Dias Baptista reconheceu que não encontrava razões para inviabilizar a aprovação da proposta. “Aquilo que me parece importante é que os três vereadores do PS presentes nesta reunião ficaram cientes de que a proposta tem condições para ser aprovada. Não há razão para ser reprovada”, assegurou o vereador socialista, que explicou ainda o teor da conversa: “O Sporting apresentou os seus pontos de vista mas, mais do que isso, apresentou as garantias que tem contratualizadas com a CML e com o Município. Evidentemente que, nessas garantias de que o Sporting dispõe, existe um contrato programa que clarifica os direitos concedidos ao Sporting da edificabilidade de 109 mil metros quadrados, mais 29 mil metros quadrados. O Sporting demonstrou que tem direito a eles.” Dias Baptista afirmou também que não encontrava qualquer ilegalidade neste processo: “Na análise que nós fizemos, esta proposta cumpre o regulamento do PDM, por isso não se pode dizer que é uma proposta ilegal.”

Filipe Soares Franco também se mostrou satisfeito com o encontro de ontem. “Saio mais seguro de ter conseguido explicar, a um partido que tem uma grande força na Câmara, a valência dos nossos pontos de vista”, confessou, à saída do edifício, reafirmando ainda a vontade de ver o processo concluído: “Espero que esteja resolvido a muito curto prazo. Muito pior do que uma má decisão é uma não-decisão.” Já antes, no almoço de comemoração do primeiro ano do seu mandato, Soares Franco tinha revelado que esperava que o projecto fosse votado na reunião de Câmara do próximo dia 9 de Maio».

Ver www.ojogo.pt/23-66/artigo628220.asp

publicado por Sobreda às 14:19
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

.Participar

. Participe neste blogue