Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

.Temas

. cml(388)

. governo(157)

. telheiras(157)

. cdu(146)

. lumiar(133)

. eleições autárquicas(131)

. urbanismo(117)

. pcp(101)

. alta do lumiar(97)

. partidos políticos(96)

. segurança(94)

. orçamento(93)

. carnide(84)

. pev(83)

. trabalho(83)

. desemprego(77)

. saúde(76)

. trânsito(74)

. sindicatos(70)

. economia(68)

. todas as tags

.Pesquisar neste blogue

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
23
24
29
30
31

.Artigos recentes

. Gestão incompetente, estr...

. A comunicação social é um...

. Apontamentos insuficiente...

. Notas sobre a sessão de c...

. Cínicos e desprezíveis

. Assembleia da ´República ...

. 26 Março - Manifestação N...

. Festa do AVANTE promove «...

. Ensino Profissional em Po...

. O movimento associativo p...

. Realizou-se a Assembleia ...

. Que política é esta?

. Orçamento do Estado para ...

. 13 Março - Assembleia da ...

. Acção Nacional dia 16 – “...

. 18 Março - Inauguração da...

. CML - Segunda Circular e ...

. 100 anos, 100 acções do P...

. Um grande Comício no Aniv...

. Câmara de Lisboa: Grandes...

. Taxas na Cidade de Lisboa...

. ...

. Lutar: A resposta dos tra...

. Obras na escola pré-fabri...

. CT Lumiar - Almoço comemo...

. PCP contacta trabalhadore...

. 6 Março - Comicio Anivers...

. REÚNE EM ÉVORA O PRÓXIMO ...

. CML - Orçamento participa...

. PCP apresenta na Assemble...

. Requerimento sobre o Bair...

. O TRATADO DO GRANDE CAPIT...

. Injustiça nas leis, (in)j...

. Medidas do Governo são in...

. Desemprego e Pensões a re...

. LINHAS DE ALTA TENSÃO - O...

. HOJE NO COLISEU - A homen...

. PCP: Em defesa da Saúde p...

. 27 Novembro, O Capital Re...

. 4 Dezembro - Homenagem a ...

. 25 Novembro, Debate promo...

. A RESPOSTA NECESSÁRIA E I...

. PCP quer reduzir desigual...

. O salto à Vara

. Aumento do Salário Mínimo...

. Dívidas à Segurança Socia...

. Combate à corrupção em di...

. Associação Iúri Gagárin p...

. Despedimentos e encerrame...

. O Sr. Governador

.Arquivos

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Ligações

Domingo, 29 de Abril de 2007

Lumiar desprotegido - 3

Diz-se que não há duas sem três e este imponente edifício merece-o.

Este palacete com algumas características rurais localiza-se no Largo de São João Baptista nº 1. Aparentemente, o rés-do-chão do corpo principal está habitado, estando desocupados os andares restantes as casas anexas. No rés-do-chão funciona uma florista. As traseiras estão viradas para o final da Avenida Padre Cruz/Calçada de Carriche.

A casa tem fachada para o Largo, onde se situa a Igreja Paroquial do Lumiar, que se divisa ao fundo.

O edifício faz parte de um conjunto de casas rurais do século passado localizadas à saída da aldeia do Lumiar e do Paço do Lumiar, próximo da Calçada de Carriche, um dos eixos principais do trânsito pendular entre Lisboa e as cidades satélites. Os muros desta casa, conjugados com os do Museu do Traje estrangulam o trânsito para uma via única à entrada da Estrada do Lumiar. Na imagem, junto ao portão, vemos os semáforos e na imagem da fachada lateral vê-se a estreita passagem.

O espaço é exíguo e sem passeio, mas os transeuntes arriscam a passagem. Como o Museu em frente está classificado, suspeita-se que a casa venha a ser parcialmente demolida para alargar a via, com eventuais contrapartidas urbanísticas. Aliás, um dos lotes vizinhos no topo sul foi já transformado em condomínio fechado.

Numa distância de 100 metros há várias casas rurais, mais ou menos abastadas, algumas com características aristocráticas, ou recuperadas como os Museus do Traje e do Teatro que incluem um belo jardim com lago na encosta que desce para Odivelas - o Parque do Monteiro Mor.

Porém, as traseiras do nº 1 do Largo de São João Baptista apresentam ainda este aspecto desolador.

Também aqui se aguarda pela recuperação do património...

publicado por Sobreda às 23:51
Link do artigo | Adicionar aos favoritos
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.Participar

. Participe neste blogue