Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CDU LUMIAR

Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

CDU LUMIAR

Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

Emprego, Justiça social, Dignidade

Sobreda, 01.05.07

 

Na sequência do 25 de Abril, foram conquistados um importante conjunto de direitos, consagrados na Constituição, e que constituem um dos pilares essenciais da nossa Democracia. Anos passados, o patronato conservador não investe e mostra-se incapaz de uma gestão moderna. A sua escolha radica num modelo económico assente em baixos salários, trabalho desqualificado e precário em desrespeito dos direitos contratuais e das leis.

Também a política económica do Governo continua obcecada pelo défice orçamental, numa postura de obediência cega ao Pacto de Estabilidade e Crescimento, que suporta o mais violento ataque à estrutura e funções do Estado, com a Administração Pública a ser transformada em áreas de negócios privados e em jogos ao serviço de clientelas partidárias. A onda de desregulamentação continua, a anunciada flexisegurança não é mais do que despedimentos sem justa causa, a generalização da precariedade e o ataque à contratação colectiva e ao modelo social europeu, pondo em risco o futuro de todos.

É num contexto de extrema gravidade para os trabalhadores, 121 anos depois da violenta repressão que se abateu sobre os trabalhadores de Chicago, que se realiza hoje o 1º de Maio de 2007. No Dia Internacional do Trabalhador subsistem muitos e variados problemas que impedem a justa dignificação do trabalho, a segurança e o bem-estar a que eles e suas famílias têm direito.

Segundo o apelo da CGTP, são necessários empregos com direitos, o fim da precariedade, a dignidade do trabalho, a justa distribuição da riqueza, a defesa dos serviços públicos, contra o constante aumento do custo de vida.

Basta de desigualdades ! Desfile a partir das 15 horas, do Estádio 1º de Maio até à Cidade Universitária. Viva o 1º de Maio !