Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

.Temas

. cml(388)

. governo(157)

. telheiras(157)

. cdu(146)

. lumiar(133)

. eleições autárquicas(131)

. urbanismo(117)

. pcp(101)

. alta do lumiar(97)

. partidos políticos(96)

. segurança(94)

. orçamento(93)

. carnide(84)

. pev(83)

. trabalho(83)

. desemprego(77)

. saúde(76)

. trânsito(74)

. sindicatos(70)

. economia(68)

. todas as tags

.Pesquisar neste blogue

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
23
24
29
30
31

.Artigos recentes

. Gestão incompetente, estr...

. A comunicação social é um...

. Apontamentos insuficiente...

. Notas sobre a sessão de c...

. Cínicos e desprezíveis

. Assembleia da ´República ...

. 26 Março - Manifestação N...

. Festa do AVANTE promove «...

. Ensino Profissional em Po...

. O movimento associativo p...

. Realizou-se a Assembleia ...

. Que política é esta?

. Orçamento do Estado para ...

. 13 Março - Assembleia da ...

. Acção Nacional dia 16 – “...

. 18 Março - Inauguração da...

. CML - Segunda Circular e ...

. 100 anos, 100 acções do P...

. Um grande Comício no Aniv...

. Câmara de Lisboa: Grandes...

. Taxas na Cidade de Lisboa...

. ...

. Lutar: A resposta dos tra...

. Obras na escola pré-fabri...

. CT Lumiar - Almoço comemo...

. PCP contacta trabalhadore...

. 6 Março - Comicio Anivers...

. REÚNE EM ÉVORA O PRÓXIMO ...

. CML - Orçamento participa...

. PCP apresenta na Assemble...

. Requerimento sobre o Bair...

. O TRATADO DO GRANDE CAPIT...

. Injustiça nas leis, (in)j...

. Medidas do Governo são in...

. Desemprego e Pensões a re...

. LINHAS DE ALTA TENSÃO - O...

. HOJE NO COLISEU - A homen...

. PCP: Em defesa da Saúde p...

. 27 Novembro, O Capital Re...

. 4 Dezembro - Homenagem a ...

. 25 Novembro, Debate promo...

. A RESPOSTA NECESSÁRIA E I...

. PCP quer reduzir desigual...

. O salto à Vara

. Aumento do Salário Mínimo...

. Dívidas à Segurança Socia...

. Combate à corrupção em di...

. Associação Iúri Gagárin p...

. Despedimentos e encerrame...

. O Sr. Governador

.Arquivos

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Ligações

Quinta-feira, 2 de Outubro de 2008

Acordar a alma dos portugueses ‘Pela Liberdade, Pela Democracia, por Abril’

Os subscritores de um abaixo-assinado "Pela Liberdade, Pela Democracia, por Abril" defenderam hoje uma "participação activa" dos cidadãos da defesa dos seus direitos, considerando que é preciso "acordar a alma" dos portugueses.
"O país parece que perdeu a alma. É preciso acordar essa alma e, como disse o senhor Presidente da República, dar esperança aos portugueses e criar condições para a sua intervenção", afirmou o escritor Modesto Navarro, à saída de uma audiência ao Chefe de Estado, no Palácio de Belém.
O abaixo-assinado "Pela Liberdade, pela Democracia, por Abril", que apela à intervenção cívica dos portugueses em defesa da liberdade e da democracia, foi lançado há pouco mais de um ano, tendo conseguido reunir mais de 500 assinaturas, entre as quais as de Carlos do Carmo, Siza Vieira, António Borges Coelho, José Barata Moura, Manuel Gusmão entre muitos outros nomes das artes, ciência e educação.
Segundo explicou o escritor Modesto Navarro (e ex-presidente da AML), no encontro nacional destes "democratas" realizado no início de Junho, foi decidido pedir audiências aos órgãos de soberania para debater os principias temas da actualidade que preocupam os portugueses, como as questões da Justiça, Educação ou do Código do Trabalho.
"A audiência com o Presidente foi a última e fazemos um balanço muito positivo de todos os encontros", salientou, lamentando que apenas o primeiro-ministro não tenha tido "tempo disponível" para receber os subscritores do abaixo-assinado "Pela Liberdade, pela Democracia, por Abril".
Questionado sobre se o "clima de medo" na sociedade portuguesa e as "tentações autoritárias" do Governo, denunciadas em Abril pelos subscritores do abaixo-assinado, foram também um dos temas da conversa com o Presidente da República, Modesto Navarro, admitiu que o assunto foi abordado.
"Há picos de intervenção do Governo que têm características autoritárias. Alguns autoritarismos têm emergido", disse, considerando que o "clima de medo que se vai instalando inibe a participação das pessoas".
Por isso, sublinhou, é preciso "acordar a alma" dos portugueses, para que defendam os seus direitos dos "pequenos autoritarismos" que "cegam e empobrecem".
Ainda segundo Modesto Navarro, os subscritores do abaixo-assinado estão já a preparar uma iniciativa nacional para meados de Novembro, para assinalar o 60º aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos nas Nações Unidas.
Nesse âmbito, adiantou, os subscritores do abaixo-assinado estão também a preparar um conjunto de propostas em diversas áreas, como a Justiça e a Educação. "Vamos fazer propostas, apresentar soluções", disse.
 
Ver Lusa doc. nº 8838571, 01/10/2008 - 13:09
Temas:
publicado por Sobreda às 03:32
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

.Participar

. Participe neste blogue