Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CDU LUMIAR

Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

CDU LUMIAR

Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

Cortes de trânsito e de estacionamento na Avenida da Liberdade

Sobreda, 23.10.08
Era previsível. O coração da capital vai ser afectado pelo Roadshow. O trânsito e o estacionamento vão estar condicionados na Avenida da Liberdade, Marquês de Pombal e Restauradores, no próximo fim-de-semana, no âmbito da realização do espectáculo de Fórmula 1. Quem o anuncia é a própria organização.
O “Roadshow”, promovido em parceria com a CML, é uma demonstração de Fórmula 1 que pretende mostrar vários modelos durante três horas, ao longo dos próximos sábado e domingo. E da rotunda do Marquês de Pombal aos Restauradores, os espectadores até vão poder assistir gratuitamente ao espectáculo de automobilismo, que conta com pilotos profissionais aos comandos das viaturas.
Mas, de acordo com uma informação distribuída por carta aos comerciantes da zona, o estacionamento vai estar condicionado temporariamente na Alameda Edgar Cardoso, Rua Castilho, Marquês de Pombal Nascente, Parque Eduardo VII, Palácio da Justiça, Avenida da Liberdade, nomeadamente no parque junto ao cinema de São Jorge e parque junto ao Tivoli, Praça dos Restauradores e Alameda Cardeal Cerejeira.
Para cidadãos com mobilidade reduzida, haverá parques de estacionamento na Rua Braancamp, 1º de Dezembro e Rua Barata Salgueiro.
Também os transportes públicos (Carris) e a circulação pedonal estarão impedidos. O trânsito vai ser cortado sábado das 13h às 23h e no domingo das 04h às 23h, naquelas zonas da cidade. No sentido Sul-Norte, haverá cortes de trânsito na Praça de São Pedro IV (Rossio), com inversão pela Rua da Prata, na Praça da Figueira e Praça do Comércio. Haverá ainda cortes na Av. Fontes Pereira de Melo, Av. Duque de Loulé com a R. Luciano Cordeiro e na R. Castilho com a R. Alexandre Herculano e R. Salitre.
As ruas laterais do Marquês de Pombal, Avenida da Liberdade e lateral ascendente dos Restauradores estão reservados como corredores de emergência, pelo que não será permitida a circulação de veículos particulares. O comunicado refere ainda que as cargas de descargas para o comércio, e tomada e largada de passageiros para os hotéis, só são permitidas com a supervisão e acompanhamento da PSP/Divisão de Trânsito, que controlará as várias entradas da área isolada.
Claro que os comerciantes e os residentes da zona já contestaram a iniciativa, considerando que irá prejudicar o negócio.
Também a CDU já criticou que a Avenida seja transformada vedada sem “qualquer estudo de tráfego” ou informação aos moradores que “serão obrigados a dar voltas enormes para fazerem pequenas deslocações”. “Os comerciantes das lojas da Avenida protestam e com razão”, refere a CDU de Lisboa em comunicado, acrescentando preocupações com as zonas ajardinadas da Avenida da Liberdade.
Ou seja, “quem tiver dinheiro paga e serve-se da cidade como a sua montra privativa, sem respeito por quem vive e trabalha na cidade de Lisboa”, criticam os comunistas, frisando que “este modelo de gestão da cidade é errado”. Ou seja, quem tiver dinheiro pode agora comprar à CML o espaço público e impedir a circulação dos habitantes de uma cidade a saque.
 
Ver Lusa doc. nº 8922003, 22/10/2008 - 18:37