Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

.Temas

. cml(388)

. governo(157)

. telheiras(157)

. cdu(146)

. lumiar(133)

. eleições autárquicas(131)

. urbanismo(117)

. pcp(101)

. alta do lumiar(97)

. partidos políticos(96)

. segurança(94)

. orçamento(93)

. carnide(84)

. pev(83)

. trabalho(83)

. desemprego(77)

. saúde(76)

. trânsito(74)

. sindicatos(70)

. economia(68)

. todas as tags

.Pesquisar neste blogue

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
23
24
29
30
31

.Artigos recentes

. Gestão incompetente, estr...

. A comunicação social é um...

. Apontamentos insuficiente...

. Notas sobre a sessão de c...

. Cínicos e desprezíveis

. Assembleia da ´República ...

. 26 Março - Manifestação N...

. Festa do AVANTE promove «...

. Ensino Profissional em Po...

. O movimento associativo p...

. Realizou-se a Assembleia ...

. Que política é esta?

. Orçamento do Estado para ...

. 13 Março - Assembleia da ...

. Acção Nacional dia 16 – “...

. 18 Março - Inauguração da...

. CML - Segunda Circular e ...

. 100 anos, 100 acções do P...

. Um grande Comício no Aniv...

. Câmara de Lisboa: Grandes...

. Taxas na Cidade de Lisboa...

. ...

. Lutar: A resposta dos tra...

. Obras na escola pré-fabri...

. CT Lumiar - Almoço comemo...

. PCP contacta trabalhadore...

. 6 Março - Comicio Anivers...

. REÚNE EM ÉVORA O PRÓXIMO ...

. CML - Orçamento participa...

. PCP apresenta na Assemble...

. Requerimento sobre o Bair...

. O TRATADO DO GRANDE CAPIT...

. Injustiça nas leis, (in)j...

. Medidas do Governo são in...

. Desemprego e Pensões a re...

. LINHAS DE ALTA TENSÃO - O...

. HOJE NO COLISEU - A homen...

. PCP: Em defesa da Saúde p...

. 27 Novembro, O Capital Re...

. 4 Dezembro - Homenagem a ...

. 25 Novembro, Debate promo...

. A RESPOSTA NECESSÁRIA E I...

. PCP quer reduzir desigual...

. O salto à Vara

. Aumento do Salário Mínimo...

. Dívidas à Segurança Socia...

. Combate à corrupção em di...

. Associação Iúri Gagárin p...

. Despedimentos e encerrame...

. O Sr. Governador

.Arquivos

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Ligações

Domingo, 26 de Outubro de 2008

A resposta marxista à actual crise

O PCP debateu na passada 5ª fª ‘A crise do capitalismo’. considerando que esta ainda se irá agravar nos tempos mais próximos. Carlos Carvalhas, ex-secretário-geral, alertou para o risco “de no próximo Verão poder verificar-se uma cessação de pagamentos por parte dos EUA”.

Carlos Carvalhas alertou para a descredibilização do dólar, o que poderá levar a ao agravamento de tensão entre os EUA e a UE, designadamente com reflexos a nível geo-estratégico. A título de exemplo referiu que se países produtores de petróleo aceitarem vendê-lo recebendo não em dólares, o que poderá ter riscos acrescidos em situações como as da Arábia Saudita dependente dos EUA para garantir a sua segurança.
O colóquio contou ainda com uma intervenção de Pedro Carvalho, economista que fez a radiografia da conjuntura adiantando que se prevê que em 2009 existam no mundo 210 milhões de desempregados.
Já Sérgio Ribeiro, ex-eurodeputado, referiu que depois de décadas de “travão ao crescimento dos salários se estimulou a concessão de crédito para que se pudesse continuar a consumir”, situação que explica parte dos recentes problemas mundiais.
Avelãs Nunes referiu, por seu lado, “que a actual crise veio confirmar que o capitalismo de desenvolve de crise em crise mais ou menos cíclicas”. O docente lembrou as palavras de um ex-presidente francês, Chirac, que na crise dos anos oitenta referiu que “os especuladores são a sida do mundo actual”, para acrescentar que boa arte do mundo “não percebeu que eram todos seropositivos”.
Jerónimo de Sousa, denunciou as “múltiplas operações de disfarce em curso nos planos nacional e internacional procurando, por um lado ocultar os verdadeiros responsáveis pela crise e as suas verdadeiras causas, a interiorização e aceitação passiva pelas massas e sua inevitável participação no pagamento dos seus custos e dar uma nova legitimidade não apenas ao sistema sob a formula da criação de um novo e falso paradigma refundador, mas às próprias políticas que alimentaram a especulação e a exploração desenfreadas e que estão na origem da extraordinária amplitude que a crise assumiu”.
 
Ver http://dn.sapo.pt/2008/10/24/nacional/pcp_debate_resposta_marxista_a_actua.html
Temas: ,
publicado por Sobreda às 00:13
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

.Participar

. Participe neste blogue