Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CDU LUMIAR

Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

CDU LUMIAR

Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

Trabalhadores da Higiene Urbana ameaçam parar

Sobreda, 20.11.08

A recolha de lixo pode parar uma semana em Lisboa, caso a CML decida privatizar o serviço na Baixa do Chiado e na freguesia de Santa Maria dos Olivais.

Os trabalhadores da Higiene Urbana do município não concordam com os planos da autarquia e ameaçam entrar em greve caso esta medida avance.
Uma decisão sobre a paralisação vai ser discutida em plenário, marcado para amanhã. A confirmar-se, a greve deverá causar transtornos aos munícipes, mas tal facto não parece preocupar a CML 1.

 

Por isso o Grupo Municipal de “Os Verdes” apresentou, na AML desta 3ª fª, uma Recomendação sobre a ameaça de “Privatização da Limpeza Urbana” que paira sobre a cidade de Lisboa, intenção esta preocupantemente confirmada pelo próprio presidente da CML, na sessão pública de 29 de Outubro, e rejeitada pelo PS no Plenário da AML.
A limpeza da capital é assegurada pela Divisão de Limpeza Urbana do Departamento de Higiene Urbana e Resíduos Sólidos (DHURS), departamento que foi recentemente certificado, e os cidadãos têm consciência de que a área da limpeza urbana é um factor prioritário para a sua qualidade de vida e para o bem-estar de qualquer cidade, e Lisboa não foge a esta regra.
No entanto, o executivo, alegando escassez de mão-de-obra, pretende alienar parte dos serviços assegurados por esta Divisão a entidades privadas. E o mais grave desta situação é o facto de o quadro de pessoal de cantoneiros ter cerca de 200 vagas por preencher.
Por isso “Os Verdes” defendem que a CML deve pugnar por um funcionamento dos serviços de limpeza na esfera do domínio público, bem como sejam salvaguardados os postos de trabalho dos funcionários da Divisão da Limpeza Urbana 2.