Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

.Temas

. cml(388)

. governo(157)

. telheiras(157)

. cdu(146)

. lumiar(133)

. eleições autárquicas(131)

. urbanismo(117)

. pcp(101)

. alta do lumiar(97)

. partidos políticos(96)

. segurança(94)

. orçamento(93)

. carnide(84)

. pev(83)

. trabalho(83)

. desemprego(77)

. saúde(76)

. trânsito(74)

. sindicatos(70)

. economia(68)

. todas as tags

.Pesquisar neste blogue

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
23
24
29
30
31

.Artigos recentes

. Gestão incompetente, estr...

. A comunicação social é um...

. Apontamentos insuficiente...

. Notas sobre a sessão de c...

. Cínicos e desprezíveis

. Assembleia da ´República ...

. 26 Março - Manifestação N...

. Festa do AVANTE promove «...

. Ensino Profissional em Po...

. O movimento associativo p...

. Realizou-se a Assembleia ...

. Que política é esta?

. Orçamento do Estado para ...

. 13 Março - Assembleia da ...

. Acção Nacional dia 16 – “...

. 18 Março - Inauguração da...

. CML - Segunda Circular e ...

. 100 anos, 100 acções do P...

. Um grande Comício no Aniv...

. Câmara de Lisboa: Grandes...

. Taxas na Cidade de Lisboa...

. ...

. Lutar: A resposta dos tra...

. Obras na escola pré-fabri...

. CT Lumiar - Almoço comemo...

. PCP contacta trabalhadore...

. 6 Março - Comicio Anivers...

. REÚNE EM ÉVORA O PRÓXIMO ...

. CML - Orçamento participa...

. PCP apresenta na Assemble...

. Requerimento sobre o Bair...

. O TRATADO DO GRANDE CAPIT...

. Injustiça nas leis, (in)j...

. Medidas do Governo são in...

. Desemprego e Pensões a re...

. LINHAS DE ALTA TENSÃO - O...

. HOJE NO COLISEU - A homen...

. PCP: Em defesa da Saúde p...

. 27 Novembro, O Capital Re...

. 4 Dezembro - Homenagem a ...

. 25 Novembro, Debate promo...

. A RESPOSTA NECESSÁRIA E I...

. PCP quer reduzir desigual...

. O salto à Vara

. Aumento do Salário Mínimo...

. Dívidas à Segurança Socia...

. Combate à corrupção em di...

. Associação Iúri Gagárin p...

. Despedimentos e encerrame...

. O Sr. Governador

.Arquivos

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Ligações

Quinta-feira, 27 de Novembro de 2008

Novo plano de pagamento de dívida a fornecedores

A CML aprovou ontem a 18ª alteração orçamental e a celebração de planos de pagamento das dívidas aos fornecedores com base numa nova minuta que actualiza as condições financeiras anteriormente validadas pela autarquia.

As duas propostas - alteração orçamental e acordos de pagamento -, da autoria do vereador das Finanças, foram aprovadas com a abstenção dos eleitos pela lista Cidadãos por Lisboa e contra dos vereadores do PCP, no primeiro caso, e com a rejeição dos vereadores comunistas, no segundo.
Na sua proposta sobre os acordos de pagamento, o vereador das Finanças explica que as condições do mercado financeiro se alteraram substancialmente, “sendo precário hoje admitir que possamos suceder em fechar novos acordos sem uma revisão das condições inicialmente demarcadas”.
Na reunião, o vereador explicou as dificuldades da autarquia em liquidar a dívida de 360 milhões de euros reconhecida no plano de Saneamento Financeiro e disse que contava até final de Janeiro ter uma solução para resolver o problema das dívidas aos pequenos fornecedores, que representa um valor entre seis e sete milhões de euros.
Por seu lado, o presidente da CML reconheceu que as “dívidas com problemas” de pagamento representam um valor que ronda os 57 milhões de euros (o que contraria uma recente campanha da CML publicitando que a totalidade da dívida se encontrava quase toda paga).
Foi igualmente aprovado na reunião de ontem a abertura de um período de discussão pública para a proposta do Plano de Pormenor em modalidade simplificada de projecto urbano para o Centro de Congressos de Lisboa, na Junqueira, o qual prevê dois hotéis para aquela zona da capital: um de apoio ao centro e um outro a instalar no Palácio Condes da Ribeira.
 
Ver http://aeiou.visao.pt/Pages/Lusa.aspx?News=200811269054120
Temas: ,
publicado por Sobreda às 01:41
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
1 comentário:
De Vania a 27 de Novembro de 2008 às 11:09
Alguem pode esclarecer se os pedidos de reclassificação profissional na CML vão ser todos atendidos? Ou Há condições?

Comentar artigo

.Participar

. Participe neste blogue