Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

.Temas

. cml(388)

. governo(157)

. telheiras(157)

. cdu(146)

. lumiar(133)

. eleições autárquicas(131)

. urbanismo(117)

. pcp(101)

. alta do lumiar(97)

. partidos políticos(96)

. segurança(94)

. orçamento(93)

. carnide(84)

. pev(83)

. trabalho(83)

. desemprego(77)

. saúde(76)

. trânsito(74)

. sindicatos(70)

. economia(68)

. todas as tags

.Pesquisar neste blogue

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
23
24
29
30
31

.Artigos recentes

. Gestão incompetente, estr...

. A comunicação social é um...

. Apontamentos insuficiente...

. Notas sobre a sessão de c...

. Cínicos e desprezíveis

. Assembleia da ´República ...

. 26 Março - Manifestação N...

. Festa do AVANTE promove «...

. Ensino Profissional em Po...

. O movimento associativo p...

. Realizou-se a Assembleia ...

. Que política é esta?

. Orçamento do Estado para ...

. 13 Março - Assembleia da ...

. Acção Nacional dia 16 – “...

. 18 Março - Inauguração da...

. CML - Segunda Circular e ...

. 100 anos, 100 acções do P...

. Um grande Comício no Aniv...

. Câmara de Lisboa: Grandes...

. Taxas na Cidade de Lisboa...

. ...

. Lutar: A resposta dos tra...

. Obras na escola pré-fabri...

. CT Lumiar - Almoço comemo...

. PCP contacta trabalhadore...

. 6 Março - Comicio Anivers...

. REÚNE EM ÉVORA O PRÓXIMO ...

. CML - Orçamento participa...

. PCP apresenta na Assemble...

. Requerimento sobre o Bair...

. O TRATADO DO GRANDE CAPIT...

. Injustiça nas leis, (in)j...

. Medidas do Governo são in...

. Desemprego e Pensões a re...

. LINHAS DE ALTA TENSÃO - O...

. HOJE NO COLISEU - A homen...

. PCP: Em defesa da Saúde p...

. 27 Novembro, O Capital Re...

. 4 Dezembro - Homenagem a ...

. 25 Novembro, Debate promo...

. A RESPOSTA NECESSÁRIA E I...

. PCP quer reduzir desigual...

. O salto à Vara

. Aumento do Salário Mínimo...

. Dívidas à Segurança Socia...

. Combate à corrupção em di...

. Associação Iúri Gagárin p...

. Despedimentos e encerrame...

. O Sr. Governador

.Arquivos

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Ligações

Quinta-feira, 4 de Dezembro de 2008

Numa semana cheia de lutas

 

A greve de ontem, provavelmente a maior de sempre da classe docente, constitui um momento alto da luta dos professores, pela valorização e dignificação da profissão e em defesa da escola pública.

De acordo com os dados recolhidos até às nove horas, a greve é a maior dos últimos 20 anos e poderá mesmo vir a ser a maior de sempre, disse aos jornalistas o porta-voz da Plataforma Sindical dos Professores. Mário Nogueira, que é também secretário-geral da Fenprof, falava aos jornalistas na escola Gil Vicente, em Lisboa, a qual era a que, naquela altura, registava a menor adesão (92 por cento). Para hoje e amanhã, está marcada uma vigília frente ao ME e na próxima semana ocorrerão greves de âmbito regional, enquanto na semana passada tiveram lugar manifestações em diversas cidades.
Para hoje está anunciado um dia de luta dos estudantes do Ensino Básico e Secundário, contra as políticas do Governo.
Pelo segundo dia consecutivo, as ligações fluviais entre Barreiro e o Terreiro do Paço ficaram interrompidas ontem de manhã, devido à adesão total dos trabalhadores marítimos e auxiliares de terra da Soflusa. A greve, por uma revisão salarial justa, iniciou-se segunda-feira e termina hoje, durante duas horas por cada turno. A greve de 48 horas dos trabalhadores da área comercial, a 27 e 28 de Novembro, teve igualmente muito elevada adesão.
A greve nos Correios, que termina amanhã, iniciou-se anteontem, com uma adesão de 65 por cento no turno da noite, segundo o SNTCT/CGTP-IN, num primeiro comunicado em que saudou a coragem e firmeza dos trabalhadores, na luta em defesa dos direitos consagrados no Acordo de Empresa, que a administração dos CTT quer dar por caducado.
Representantes dos mineiros de Aljustrel estiveram, durante todo o dia de terça-feira, no Ministério da Economia. Ao fim da noite, após duas breves reuniões com o ministro Manuel Pinho, decidiram «dar o benefício da dúvida» e aguardar pelo novo prazo para conclusão de negociações para venda das Pirites Alentejanas a investidores não identificados, de modo a retomar a exploração e recuperar os postos de trabalho. Amanhã voltam a Lisboa.
Hoje à tarde, na Casa do Alentejo, em Lisboa, a APG organiza um «Fórum do Descontentamento» para dar expressão pública à situação na GNR, focando salários, assistência na doença e atraso nas promoções.
Na próxima semana, entre os dias 8 e 11, estarão em greve os trabalhadores da limpeza urbana da CM de Lisboa.

 

 

Publicado no Jornal "AVANTE" 04.12.2008

Temas:
publicado por teresa roque às 10:36
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

.Participar

. Participe neste blogue