Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

.Temas

. cml(388)

. governo(157)

. telheiras(157)

. cdu(146)

. lumiar(133)

. eleições autárquicas(131)

. urbanismo(117)

. pcp(101)

. alta do lumiar(97)

. partidos políticos(96)

. segurança(94)

. orçamento(93)

. carnide(84)

. pev(83)

. trabalho(83)

. desemprego(77)

. saúde(76)

. trânsito(74)

. sindicatos(70)

. economia(68)

. todas as tags

.Pesquisar neste blogue

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
23
24
29
30
31

.Artigos recentes

. Gestão incompetente, estr...

. A comunicação social é um...

. Apontamentos insuficiente...

. Notas sobre a sessão de c...

. Cínicos e desprezíveis

. Assembleia da ´República ...

. 26 Março - Manifestação N...

. Festa do AVANTE promove «...

. Ensino Profissional em Po...

. O movimento associativo p...

. Realizou-se a Assembleia ...

. Que política é esta?

. Orçamento do Estado para ...

. 13 Março - Assembleia da ...

. Acção Nacional dia 16 – “...

. 18 Março - Inauguração da...

. CML - Segunda Circular e ...

. 100 anos, 100 acções do P...

. Um grande Comício no Aniv...

. Câmara de Lisboa: Grandes...

. Taxas na Cidade de Lisboa...

. ...

. Lutar: A resposta dos tra...

. Obras na escola pré-fabri...

. CT Lumiar - Almoço comemo...

. PCP contacta trabalhadore...

. 6 Março - Comicio Anivers...

. REÚNE EM ÉVORA O PRÓXIMO ...

. CML - Orçamento participa...

. PCP apresenta na Assemble...

. Requerimento sobre o Bair...

. O TRATADO DO GRANDE CAPIT...

. Injustiça nas leis, (in)j...

. Medidas do Governo são in...

. Desemprego e Pensões a re...

. LINHAS DE ALTA TENSÃO - O...

. HOJE NO COLISEU - A homen...

. PCP: Em defesa da Saúde p...

. 27 Novembro, O Capital Re...

. 4 Dezembro - Homenagem a ...

. 25 Novembro, Debate promo...

. A RESPOSTA NECESSÁRIA E I...

. PCP quer reduzir desigual...

. O salto à Vara

. Aumento do Salário Mínimo...

. Dívidas à Segurança Socia...

. Combate à corrupção em di...

. Associação Iúri Gagárin p...

. Despedimentos e encerrame...

. O Sr. Governador

.Arquivos

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Ligações

Quarta-feira, 9 de Maio de 2007

Lumiar desprotegido – 6

E já agora que se fala em Hospital da Força Aérea (HFA), como se encontram as suas imediações? A Azinhaga da Torre do Fato vai-se mantendo com piso irregular e lancil quebrado na esquina com a Azinhaga dos Ulmeiros (um perigo para um pneu mais incauto), mas em obras, com estreitamento de via na apertada curva junto ao parque de viaturas rebocadas, de cuja sinalização só nos apercebemos mesmo sobre a referida curva e a anteceder o cruzamento com a Rua César de Oliveira. Nem sequer existe qualquer sinal de prioridade.

No lado inverso, quem chega vindo da Rua Fernando Lopes Graça e passa a Av. Mahatma Gandhi, encontra em frente ao HFA este característico descampado, muito frequente em vários locais da freguesia, quiçá a merecer a sua inclusão num roteiro turístico. Sim, que para além das Conchas e Lilazes há muitos 'patinhos feios' com que a autarquia não se preocupa.

O expectante terreno ladeia o lado sul do templo Hindu. Mais parece um campo agrícola com suas alfaias prontas a entrar em acção.

Já agora, para não destoar do conjunto, depara-se com o ‘dejá vu’ por outros locais da freguesia de carros(s) abandonado(s). Destoaria antes se em seu lugar estivesse um bem cuidado espaço verde para usufruto da população.

E, finalmente, o há muito ‘provisório’ parque de contentores que ladeia a Quinta de Nossa Senhora da Paz, óptimo 'meio caminho andado' para uma saltada para dentro da Quinta e mais uma delapidação da estatutária e dos azulejos do Palacete. É fartar, que o conjunto foi posto ‘em saldo’ de fim de estação para hasta pública pela CML.

Mais uma zona abandonada ou desprotegida? É com certeza o cartão de visita de uma freguesia periférica de Lisboa…

publicado por Sobreda às 02:50
Link do artigo | Adicionar aos favoritos
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.Participar

. Participe neste blogue