Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

.Temas

. cml(388)

. governo(157)

. telheiras(157)

. cdu(146)

. lumiar(133)

. eleições autárquicas(131)

. urbanismo(117)

. pcp(101)

. alta do lumiar(97)

. partidos políticos(96)

. segurança(94)

. orçamento(93)

. carnide(84)

. pev(83)

. trabalho(83)

. desemprego(77)

. saúde(76)

. trânsito(74)

. sindicatos(70)

. economia(68)

. todas as tags

.Pesquisar neste blogue

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
23
24
29
30
31

.Artigos recentes

. Gestão incompetente, estr...

. A comunicação social é um...

. Apontamentos insuficiente...

. Notas sobre a sessão de c...

. Cínicos e desprezíveis

. Assembleia da ´República ...

. 26 Março - Manifestação N...

. Festa do AVANTE promove «...

. Ensino Profissional em Po...

. O movimento associativo p...

. Realizou-se a Assembleia ...

. Que política é esta?

. Orçamento do Estado para ...

. 13 Março - Assembleia da ...

. Acção Nacional dia 16 – “...

. 18 Março - Inauguração da...

. CML - Segunda Circular e ...

. 100 anos, 100 acções do P...

. Um grande Comício no Aniv...

. Câmara de Lisboa: Grandes...

. Taxas na Cidade de Lisboa...

. ...

. Lutar: A resposta dos tra...

. Obras na escola pré-fabri...

. CT Lumiar - Almoço comemo...

. PCP contacta trabalhadore...

. 6 Março - Comicio Anivers...

. REÚNE EM ÉVORA O PRÓXIMO ...

. CML - Orçamento participa...

. PCP apresenta na Assemble...

. Requerimento sobre o Bair...

. O TRATADO DO GRANDE CAPIT...

. Injustiça nas leis, (in)j...

. Medidas do Governo são in...

. Desemprego e Pensões a re...

. LINHAS DE ALTA TENSÃO - O...

. HOJE NO COLISEU - A homen...

. PCP: Em defesa da Saúde p...

. 27 Novembro, O Capital Re...

. 4 Dezembro - Homenagem a ...

. 25 Novembro, Debate promo...

. A RESPOSTA NECESSÁRIA E I...

. PCP quer reduzir desigual...

. O salto à Vara

. Aumento do Salário Mínimo...

. Dívidas à Segurança Socia...

. Combate à corrupção em di...

. Associação Iúri Gagárin p...

. Despedimentos e encerrame...

. O Sr. Governador

.Arquivos

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Ligações

Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2009

Um aeroporto cercado de pombais

Em 2007, o Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves recebeu 126 notificações de casos de ‘Bird Strikes’ registados nos aeroportos portugueses. Só na Portela foram 51 choques de aves com aviões no Aeroporto Internacional de Lisboa.

Os pilotos garantem que a maioria das situações não é reportada e alertam que a Portela está “completamente cercada” de pombais, pelo que, aos olhos dos aviadores, a quantidade de pombais junto ao Aeroporto de Lisboa assemelha-se a uma “bateria anti-aérea”: as aves que rondam as pistas são uma “ameaça” à segurança de passageiros e tripulação.
“A existência de aves pode provocar problemas, como o que aconteceu recentemente em Nova Iorque”, avisa o comandante responsável pelo Departamento de Segurança de Voo da Associação Portuguesa dos Pilotos de Linha Aérea (APPLA), para quem estes dados são apenas “uma pequena percentagem do verdadeiro número de embates com pássaros”.
Em Lisboa, quase todos os pilotos já tiveram “uma situação de embate com um pássaro ou avistamento e quase embate”. Consciente do perigo, a ANA - Aeroportos de Portugal fez um levantamento do número e localização de todos os pombais existentes nos arredores. O mapa foi enviado para o Instituto Nacional de Aviação Civil (INAC), entidade reguladora, e apresentado no final do ano passado à APPLA.
Os pilotos ficaram “assustados”. “Estamos completamente cercados de pombais. Assustou-nos a todos a sua quantidade e localização. Aterramos sempre com uma série de pombas a voar em redor do aeroporto, é uma bateria anti-aérea”, critica o comandante da APPLA, explicando que, para um piloto, tentar desviar-se dos pássaros é uma manobra difícil quando se está a aterrar ou a descolar e, muitas vezes, as aves também não o conseguem fazer a tempo, “lembrando que estes choques podem provocar danos nas superfícies de voo dos aviões, vidros e até motores”.
Na Associação Columbófila do Distrito de Lisboa (ACDL) estão registados cerca de 5.000 pombos-correio. Além destes, existem ainda os pombais ilegais, uma realidade reconhecida pelas Câmaras de Lisboa e de Loures.
Para a ACDL, a ameaça real não é o pombo-correio mas sim os pombos errantes. “Lisboa tem milhares de pombos que se formam em bandos e vão à procura de comer”. De acordo com a autarquia lisboeta, são cerca de 20 mil.
Para afugentar as aves da rota dos aviões, o gabinete de segurança da ANA tem experimentado vários sistemas, desde canhões de gás que emitem explosões sonoras, sistemas de ultrasons só audíveis pelos pássaros e alguns falcões, que assim que são soltos afastam toda a passarada. Na ANA, os investigadores estão também a conceber uma tecnologia que recorre a um laser de cor verde que, dizem, afugenta os pássaros.
 
Ver http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?article=384319&visual=26&rss=0
publicado por Sobreda às 00:08
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

.Participar

. Participe neste blogue