Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

.Temas

. cml(388)

. governo(157)

. telheiras(157)

. cdu(146)

. lumiar(133)

. eleições autárquicas(131)

. urbanismo(117)

. pcp(101)

. alta do lumiar(97)

. partidos políticos(96)

. segurança(94)

. orçamento(93)

. carnide(84)

. pev(83)

. trabalho(83)

. desemprego(77)

. saúde(76)

. trânsito(74)

. sindicatos(70)

. economia(68)

. todas as tags

.Pesquisar neste blogue

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
23
24
29
30
31

.Artigos recentes

. Gestão incompetente, estr...

. A comunicação social é um...

. Apontamentos insuficiente...

. Notas sobre a sessão de c...

. Cínicos e desprezíveis

. Assembleia da ´República ...

. 26 Março - Manifestação N...

. Festa do AVANTE promove «...

. Ensino Profissional em Po...

. O movimento associativo p...

. Realizou-se a Assembleia ...

. Que política é esta?

. Orçamento do Estado para ...

. 13 Março - Assembleia da ...

. Acção Nacional dia 16 – “...

. 18 Março - Inauguração da...

. CML - Segunda Circular e ...

. 100 anos, 100 acções do P...

. Um grande Comício no Aniv...

. Câmara de Lisboa: Grandes...

. Taxas na Cidade de Lisboa...

. ...

. Lutar: A resposta dos tra...

. Obras na escola pré-fabri...

. CT Lumiar - Almoço comemo...

. PCP contacta trabalhadore...

. 6 Março - Comicio Anivers...

. REÚNE EM ÉVORA O PRÓXIMO ...

. CML - Orçamento participa...

. PCP apresenta na Assemble...

. Requerimento sobre o Bair...

. O TRATADO DO GRANDE CAPIT...

. Injustiça nas leis, (in)j...

. Medidas do Governo são in...

. Desemprego e Pensões a re...

. LINHAS DE ALTA TENSÃO - O...

. HOJE NO COLISEU - A homen...

. PCP: Em defesa da Saúde p...

. 27 Novembro, O Capital Re...

. 4 Dezembro - Homenagem a ...

. 25 Novembro, Debate promo...

. A RESPOSTA NECESSÁRIA E I...

. PCP quer reduzir desigual...

. O salto à Vara

. Aumento do Salário Mínimo...

. Dívidas à Segurança Socia...

. Combate à corrupção em di...

. Associação Iúri Gagárin p...

. Despedimentos e encerrame...

. O Sr. Governador

.Arquivos

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Ligações

Sexta-feira, 6 de Fevereiro de 2009

Coligação em Lisboa, não!

O actual presidente da CML admitiu na 5ª fª, no final da cerimónia da entrega da Medalha de Honra da Cidade ao ex-presidente da CML, Jorge Sampaio, que gostava de ver repetida uma coligação de esquerda na capital, incluindo a reedição da coligação PS-CDU na capital, recordando a importância que a coligação que apoiou Jorge Sampaio teve no desenvolvimento da cidade.

Questionado sobre se gostava de repetir a experiência da coligação de esquerda ‘Por Lisboa’, Costa respondeu: “Claro que gostava de repetir a coligação”.
Mas o PCP de imediato defendeu outras soluções. Na mesma ocasião, também questionado pelos jornalistas, o vereador do PCP, Ruben de Carvalho, lembrou as decisões do último congresso do partido quanto à possibilidade de coligação à esquerda nas autárquicas.
“Há uma decisão do Congresso a esse respeito e o próprio secretário-geral do PCP já reiterou essas afirmações do congresso, lembrando que há outras soluções para resolver os problemas”. “Para outras soluções sim senhor, estamos abertos a considerar. Lisboa poderá ser uma das hipóteses, (mas só) se se considerar qualquer outra solução posterior” às eleições, logo, nunca uma coligação, afirmou Ruben de Carvalho.
O vereador lembrou ainda que a oposição que os vereadores eleitos pela CDU na Câmara de Lisboa “não é sistemática”, sublinhando que ajudaram a aprovar “quase 70% das propostas apresentadas”.
Questionado sobre o que poderá trazer para Lisboa uma futura coligação PSD/CDS, Ruben de Carvalho foi peremptório: “Podem acontecer várias coisas, mas boas para a cidade nenhuma”.
 
Ver http://sic.aeiou.pt/online/noticias/pais/Costa+mantem+disponibilidade+para+coligacao+com+CDU.htm
publicado por Sobreda às 01:18
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
2 comentários:
De Zé da Burra o Alentejano a 6 de Fevereiro de 2009 às 15:30
Já é tempo dos portugueses recusarem maiorias absolutas, porque o resultado está à vista: é dar poder absoluto a um só partido, tornando-o todo poderoso, arrogante e com a ousadia suficiente para por de lado todas as promessas e críticas feitas durante a campanha eleitoral e fazer o que muito bem entender, incluindo o contrário daquilo que os eleitores esperavam quando votaram.

O PS até poderá voltar a ganhar as eleições, mas seria conveniente que ficasse longe da maioria absoluta, mesmo com o apoio de um 2º partido. Para que isso aconteça será preciso que quem votou PS e se sente enganado por este Governo recuse agora o voto ao PS.

Já lá vão 30 anos de sucessivos governos PS, PSD, novamente PS e logo depois PSD de novo. É tempo desses dois partidos minguarem na espectro eleitoral português e o ideal seria que ficassem em conjunto abaixo dos 50%.

Zé da Burra o Alentejano

De Zé da Burra a 6 de Fevereiro de 2009 às 15:34
Não às maiorias absolutas, seja para as AUTÁRQUICAS; seja para ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA e GOVERNO

Comentar artigo

.Participar

. Participe neste blogue