Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CDU LUMIAR

Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

CDU LUMIAR

Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

O regresso da trilogia visita - obras - promessas

Sobreda, 13.02.09

A principal avenida urbana do Alto do Lumiar, com cerca de três quilómetros, será o Eixo Central que a CML promete venha a resolver o problema do tráfego pesado da cidade de Lisboa. Com uma largura similar à da Avenida da República, o Eixo Central terá passeios com dez metros de largura e guia para cegos, ciclovia e espaços verdes.

Promete também que haverá uma zona de controlo de velocidade e uma pequena rotunda - a rotunda das 5 vias - que, mantendo todos os sentidos de trânsito, poderá vir a solucionar o problema de trânsito no cruzamento entre as ruas Eugénio de Andrade, General Vasco Gonçalves, Helena Vaz da Silva, Arnaldo Ferreira e Av. Álvaro Cunhal. A sua conclusão está prevista para Abril de 2009.
Em fase de conclusão está o Parque Oeste, com cerca de 24 hectares, que compreende duas áreas distintas: uma área de espaços verdes, com 25 mil metros quadrados de espelho de água, e outra de carácter desportivo, com uma pista de atletismo.
Há muito que se esperam sejam criados locais de animação, cafetarias e novas instalações para os serviços de jardinagem da CML, substituindo os degradados barracões sitos no Jardim do Campo Grande, na qual deveriam ser agrupados todos os jardineiros ao serviço da autarquia.
Para o Bairro da Cruz Vermelha também há a promessa de vir a ser alvo de melhoramentos a curto prazo, uma vez que já deverão existir verbas para o efeito no orçamento camarário.
Outro ponto fulcral da Alta de Lisboa é a Av. engenheiro Santos e Castro, actualmente ainda dependente da aquisição de duas parcelas de terreno, para o qual existem duas situações por resolver naquela via. Um assessor da CML prometeu que “dentro de mês e meio tudo estará resolvido”, pois vão ter de “contactar as pessoas para regularizar tudo o mais cedo possível”.
Todas estas ‘promessas’ são originadas por uma visita efectuada, ontem à tarde, durante cerca de duas horas, do presidente da CML as obras da Alta de Lisboa, que deverão estar concluídas até 2011.
Promessas há. Nada que não se tenha ouvido em mandatos anteriores. Agora só falta a execução das obras num qualquer ano futuro.