Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CDU LUMIAR

Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

CDU LUMIAR

Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

Transformação de quarteirões em hotéis

Sobreda, 11.04.09

A CML aprovou 4ª fª, na reunião do executivo camarário, o projecto de arquitectura que vai transformar o quarteirão onde se insere a pastelaria Suíça, na Rossio, num hotel de cinco estrelas. Para o presidente da autarquia, o argumento utilizado é o que a unidade hoteleira irá dar um “grande contributo à reabilitação e revitalização da zona central da cidade”.

É visível que o quarteirão se encontra “há muito abandonado”, sobretudo ao nível dos pisos superiores. Por isso o projecto foi sujeito a parecer do Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico, que observou que este é “um excelente projecto”, que “mantém as abóbodas do piso térreo e repõe a cobertura original”.
A hipótese apresentada é boa, mas o local levanta algumas reservas, por causa dos problemas de acesso ao estacionamento de largada e tomada de passageiros no Rossio ou na Praça da Figueira, situação que não foi entretanto assegurada pelo executivo. Outros vereadores criticaram também à transformação do quarteirão em hotel, por “não levar em conta a preservação da antiga manteigaria União”, uma ‘jóia’ de valor patrimonial.
Já o vereador comunista Ruben de Carvalho destacou a degradação em que os edifícios se encontram, considerando que a criação de um hotel assegura movimento na zona e poderá manter algum do comércio existente 1.
Ainda recentemente a CML aprovou, de uma lista de seis edifícios, a alienação de um Palácio municipal, ao Príncipe Real, para venda como ‘Hotel de charme’. Mas a perspectiva da CML é meramente economicista, pois apenas considera os edifícios que a autarquia vai alienar como uma vertente de “mais-valia” orçamental 2.
Bem perto, o primeiro hotel ‘low-cost’" no Bairro de Santa Catarina, dirigido a jovens e turistas que voam em companhias de baixo custo, vai também ser inaugurado até ao final do mês, nas instalações de uma antiga Pensão Residencial no Bairro Alto 3.
Constata-se que o turismo em Lisboa é uma prioridade para a CML, enquanto, em contrapartida, a reabilitação da habitação municipal e as condições de vida dos munícipes continuam a ‘marcar passo’.