Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

.Temas

. cml(388)

. governo(157)

. telheiras(157)

. cdu(146)

. lumiar(133)

. eleições autárquicas(131)

. urbanismo(117)

. pcp(101)

. alta do lumiar(97)

. partidos políticos(96)

. segurança(94)

. orçamento(93)

. carnide(84)

. pev(83)

. trabalho(83)

. desemprego(77)

. saúde(76)

. trânsito(74)

. sindicatos(70)

. economia(68)

. todas as tags

.Pesquisar neste blogue

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
23
24
29
30
31

.Artigos recentes

. Gestão incompetente, estr...

. A comunicação social é um...

. Apontamentos insuficiente...

. Notas sobre a sessão de c...

. Cínicos e desprezíveis

. Assembleia da ´República ...

. 26 Março - Manifestação N...

. Festa do AVANTE promove «...

. Ensino Profissional em Po...

. O movimento associativo p...

. Realizou-se a Assembleia ...

. Que política é esta?

. Orçamento do Estado para ...

. 13 Março - Assembleia da ...

. Acção Nacional dia 16 – “...

. 18 Março - Inauguração da...

. CML - Segunda Circular e ...

. 100 anos, 100 acções do P...

. Um grande Comício no Aniv...

. Câmara de Lisboa: Grandes...

. Taxas na Cidade de Lisboa...

. ...

. Lutar: A resposta dos tra...

. Obras na escola pré-fabri...

. CT Lumiar - Almoço comemo...

. PCP contacta trabalhadore...

. 6 Março - Comicio Anivers...

. REÚNE EM ÉVORA O PRÓXIMO ...

. CML - Orçamento participa...

. PCP apresenta na Assemble...

. Requerimento sobre o Bair...

. O TRATADO DO GRANDE CAPIT...

. Injustiça nas leis, (in)j...

. Medidas do Governo são in...

. Desemprego e Pensões a re...

. LINHAS DE ALTA TENSÃO - O...

. HOJE NO COLISEU - A homen...

. PCP: Em defesa da Saúde p...

. 27 Novembro, O Capital Re...

. 4 Dezembro - Homenagem a ...

. 25 Novembro, Debate promo...

. A RESPOSTA NECESSÁRIA E I...

. PCP quer reduzir desigual...

. O salto à Vara

. Aumento do Salário Mínimo...

. Dívidas à Segurança Socia...

. Combate à corrupção em di...

. Associação Iúri Gagárin p...

. Despedimentos e encerrame...

. O Sr. Governador

.Arquivos

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Ligações

Sábado, 7 de Julho de 2007

A CDU e as Vias Cicláveis em Lisboa

Em altura de eleições é preciso fazer o balanço do trabalho realizado e a apresentação das propostas para o futuro. Sobre as Vias Cicláveis para a Cidade de Lisboa, fruto das reivindicações de diversas estruturas, muitas têm sido as candidaturas que apresentaram o alargamento das vias cicláveis na nossa Cidade como um objectivo a alcançar para uma Cidade Mais Ecológica e com Mais Qualidade de Vida. Um objectivo de sempre da CDU.

O que ninguém faz - e só a CDU pode fazer - é o balanço do trabalho já realizado nesta matéria na Cidade. É que em 2001 foram concluídas diversas vias cicláveis, num trabalho dirigido por um pelouro sob a responsabilidade do vereador Manuel Figueiredo, da CDU. E estavam diversos outros percursos iniciados ou em plano. E só desde 2001 para cá, é que nada se construiu, e parte do que estava feito foi até degradado.

 

As Vias Cicláveis concluídas até 2001 (anteriormente nem sequer existiam) foram as seguintes 1:

- Telheiras / Entrecampos: Esta via encontra-se cortada na zona do Estádio Alvalade XXI. Apesar dos sucessivos protestos, designadamente dos eleitos de “Os Verdes” junto na AML e na JFLumiar, esta situação dura há já vários anos;

- Parque Florestal de Monsanto: Perto de 4 dezenas de quilómetros de via ciclável, em piso próprio, permeável;

- Radial de Benfica: Aproveitando a construção da radial de Benfica, construiu-se uma via ciclável, com lancil de protecção;

- Foram igualmente instaladas em alguns pontos estruturas para o estacionamento de bicicletas;

- Aos domingos, também a Av. da Liberdade era ciclável;

- O Metropolitano passou, progressivamente a permitir o transporte de bicicletas.

 

Estavam previstas as seguintes vias cicláveis :

- Corredor verde de Monsanto: parte ficou construído, por exemplo, Jardins de Campolide), permitindo a ligação em continuo verde entre o Marquês e Monsanto;

- Parque Periférico: idem na ligação da Quinta da Granja em Benfica ao Vale da Ameixoeira, e posteriormente de Benfica a Monsanto;

- Acrescentar a via Telheiras/Entrecampos com as seguintes ligações: Telheiras/Cidade Universitária/Campo Grande e Campo Grande/Avenida da Igreja;

- Projectada a via do Arco Ribeirinho (Belém / Parque Expo);

- Posterior ligação desta via a Telheiras, passando por Olivais (Av. Berlim/Vale do Silêncio) e Alta de Lisboa e posterior ligação desta ao corredor do Parque Periférico (Vale da Ameixoeira);

- Ligação do Arco Ribeirinho à Bela Vista, passando pelo Vale Fundão.

 

De 2001 para cá nada foi feito, pelo contrário, cortaram-se vias construídas, deixaram-se degradar as que permaneceram, pararam tudo o que estava em construção, de que os jardins de Campolide são um ‘bom’ péssimo exemplo.

Recentemente, alguns dos candidatos carregaram no pedal tentando “(re)descobrir a pólvora” esquecendo-se que tem sido o grupo municipal de “Os Verdes” da Assembleia Municipal de Lisboa quem sucessivamente vem propondo e fazendo aprovar por unanimidade a “efectiva implementação de uma rede de ciclovias associada à estrutura verde de Lisboa, que dê sequência aos estudos já efectuados no âmbito do protocolo de colaboração entre a própria Câmara Municipal de Lisboa e o Instituto Superior de Agronomia”.

Ainda noutra Recomendação complementar foram de novo “Os Verdes” quem voltou a propor à CML e fazer aprovar por unanimidade na AML que fossem elaboradas “campanhas públicas de sensibilização das vantagens ecológicas do uso da bicicleta como meio saudável de transporte alternativo, divulgando-as, designadamente, junto de escolas e associações juvenis e de moradores”, bem como “a instalação de parqueamentos para bicicletas nas entradas de alguns serviços públicos, de bibliotecas, de escolas, de jardins, bem como junto a pistas cicláveis, incentivando os lisboetas a usarem a bicicleta nas suas deslocações de casa para os transportes públicos e para os seus serviços” 2.

Por isso, de novo a CDU - com as responsabilidades que a população de Lisboa lhe confiar - assume o compromisso de dar um novo impulso à construção e manutenção de pistas cicláveis na nossa cidade. 

 

1. Ver www.dorl.pcp.pt/cdulisboa/index.php?option=com_content&task=view&id=341&Itemid=43

2. Ver o artigo “A descoberta da pólvora” no URL http://osverdesemlisboa.blogspot.com/2007/07/descoberta-da-plvora.html

publicado por Sobreda às 00:14
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

.Participar

. Participe neste blogue