Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

.Temas

. cml(388)

. governo(157)

. telheiras(157)

. cdu(146)

. lumiar(133)

. eleições autárquicas(131)

. urbanismo(117)

. pcp(101)

. alta do lumiar(97)

. partidos políticos(96)

. segurança(94)

. orçamento(93)

. carnide(84)

. pev(83)

. trabalho(83)

. desemprego(77)

. saúde(76)

. trânsito(74)

. sindicatos(70)

. economia(68)

. todas as tags

.Pesquisar neste blogue

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
23
24
29
30
31

.Artigos recentes

. Gestão incompetente, estr...

. A comunicação social é um...

. Apontamentos insuficiente...

. Notas sobre a sessão de c...

. Cínicos e desprezíveis

. Assembleia da ´República ...

. 26 Março - Manifestação N...

. Festa do AVANTE promove «...

. Ensino Profissional em Po...

. O movimento associativo p...

. Realizou-se a Assembleia ...

. Que política é esta?

. Orçamento do Estado para ...

. 13 Março - Assembleia da ...

. Acção Nacional dia 16 – “...

. 18 Março - Inauguração da...

. CML - Segunda Circular e ...

. 100 anos, 100 acções do P...

. Um grande Comício no Aniv...

. Câmara de Lisboa: Grandes...

. Taxas na Cidade de Lisboa...

. ...

. Lutar: A resposta dos tra...

. Obras na escola pré-fabri...

. CT Lumiar - Almoço comemo...

. PCP contacta trabalhadore...

. 6 Março - Comicio Anivers...

. REÚNE EM ÉVORA O PRÓXIMO ...

. CML - Orçamento participa...

. PCP apresenta na Assemble...

. Requerimento sobre o Bair...

. O TRATADO DO GRANDE CAPIT...

. Injustiça nas leis, (in)j...

. Medidas do Governo são in...

. Desemprego e Pensões a re...

. LINHAS DE ALTA TENSÃO - O...

. HOJE NO COLISEU - A homen...

. PCP: Em defesa da Saúde p...

. 27 Novembro, O Capital Re...

. 4 Dezembro - Homenagem a ...

. 25 Novembro, Debate promo...

. A RESPOSTA NECESSÁRIA E I...

. PCP quer reduzir desigual...

. O salto à Vara

. Aumento do Salário Mínimo...

. Dívidas à Segurança Socia...

. Combate à corrupção em di...

. Associação Iúri Gagárin p...

. Despedimentos e encerrame...

. O Sr. Governador

.Arquivos

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Ligações

Quarta-feira, 15 de Agosto de 2007

O segredo está na massa

O fosso entre ricos e pobres atingiu uma dimensão inédita em Portugal. Contrariando a tendência europeia, Portugal piora esse fosso, que já era o maior 1.

Não constitui por isso novidade afirmar-se que este fosso salarial entre os mais ricos e os mais pobres em Portugal tenha voltado a bater recordes, estando quase duas vezes acima da média europeia a 15. Os dados avançados pela Comissão de Mercado de Valores Mobiliários mostram que, por exemplo, os ordenados dos presidentes dos Conselhos de Administração das empresas do PSI-20 mais do que triplicaram entre 2000 e 2005. E isto para não voltar a repetir que a banca teve um “aumento de 13% nos lucros do primeiro semestre” deste ano 2.

De acordo com o Jornal de Negócios, os vencimentos dos administradores foram, em média, 33 vezes superiores aos dos trabalhadores tendo crescido 9% entre 2005 e 2006 por comparação com os dos restantes funcionários com aumentos não acima dos 5%. A explicação ‘economicista’ afirma que a recessão e um subsequente período de fraco crescimento económico, acompanhado pelo maior agravamento da taxa de desemprego poderão explicar o recorde no fosso entre estes salários em Portugal 3.

Segundo a lista dos bilionários portugueses recentemente elaborada pela revista ‘Exame’, a personalidade mais rica de Portugal duplicou este ano a sua fortuna de 1.779,5 milhões de euros para 2.989,3 milhões de euros. As 100 maiores grandes fortunas portuguesas valem agora 34 mil milhões de euros, o que equivale a 1/5 (22,1%) do Produto Interno Bruto (PIB), a preços correntes. Isto corresponde a um aumento de 35,8% face a 2006, facto em muitos casos explicado pela especulação na bolsa de Lisboa. Em 75º lugar aparece, por exemplo, o presidente da Benfica SAD 4.

Em contrapartida, no mês de Maio foram concluídos 28 processos de despedimento colectivo que resultaram na saída das empresas de 528 trabalhadores. Apesar do número de processos concluídos em Maio atingir o valor mais elevado desde o início do ano, Janeiro foi o que gerou mais despedimentos (745 trabalhadores).

Por seu turno, foram iniciados 22 processos de despedimento colectivo em Maio, abrangendo um total de 1.481 trabalhadores, 408 dos quais com vista ao despedimento. A conclusão dos processos de despedimento colectivo resultou no despedimento de um total de 1.931 trabalhadores, 273 aceitaram revogação por acordo e a 70 trabalhadores foram aplicadas outras medidas. Os dados foram avançados nesta 3ª fª pelo ‘Boletim Estatístico doa Gabinete de Estratégia e Planeamento’ 5.

O senso comum diz-nos que existe muito dinheiro, mas que ele está cada vez mais mal distribuído. O ‘segredo’ para este fosso salarial está afinal na ‘massa’ obtida através da exploração das classes trabalhadoras mais desfavorecidas. Qualquer outra interpretação não passa de mero eufemismo.

 

1. Ver www.agenciafinanceira.iol.pt/noticia.php?id=842813&div_id=1730

2. Ver www.negocios.pt/default.asp?Session=&SqlPage=Content_Empresas&CpContentId=299674

3. Ver http://tsf.sapo.pt/online/economia/interior.asp?id_artigo=TSF182831

4. Ver www.negocios.pt/default.asp?Session=&SqlPage=Content_Empresas&CpContentId=301028

5. Ver www.agenciafinanceira.iol.pt/noticia.php?id=843087&div_id=1727

publicado por Sobreda às 01:12
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

.Participar

. Participe neste blogue