Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

.Temas

. cml(388)

. governo(157)

. telheiras(157)

. cdu(146)

. lumiar(133)

. eleições autárquicas(131)

. urbanismo(117)

. pcp(101)

. alta do lumiar(97)

. partidos políticos(96)

. segurança(94)

. orçamento(93)

. carnide(84)

. pev(83)

. trabalho(83)

. desemprego(77)

. saúde(76)

. trânsito(74)

. sindicatos(70)

. economia(68)

. todas as tags

.Pesquisar neste blogue

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
23
24
29
30
31

.Artigos recentes

. PCP apresenta na Assemble...

. Requerimento sobre o Bair...

. Candidatos da CDU visitar...

. Campanha da CDU na Zona N...

. Rua das Quatro Marias

. Autor de ‘carjacking’ det...

. AMBCV 100% em movimento

. Novo Espaço Sénior na AMB...

. PSP detém suspeitos de tr...

. Novo blogue da AMBCVL

. Roteiro CDU dos bairros m...

. Tiroteio no Bairro da Cru...

. Desenlace policial na Cru...

. Biblioteca a meio gás

. Acessibilidades no Bairro...

. A Rua Pedro de Queirós Pe...

.Arquivos

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Ligações

Quinta-feira, 10 de Dezembro de 2009

PCP apresenta na Assembleia Municipal

 

MOÇÃO
 
Pátio dos Piçarra – Bairro da Cruz Vermelha
 
No nº 134 do Pátio dos Piçarra, no Bairro da Cruz Vermelha, Freguesia do Lumiar, vivem famílias em situações desumanas, em instalações precárias à beira da ruína, sem condições de segurança e salubridade.
 
Em Janeiro deste ano uma vistoria da Protecção Civil e do Regimento Sapadores de Bombeiros, constatou a gravidade da situação habitacional, tendo aconselhado os moradores a abandonarem o local com urgência, o que não veio a acontecer.
 
Desde 2003 que os moradores manifestam as suas preocupações junto da Câmara Municipal mas até à data não obtiveram nenhuma solução para o problema.
 
O Grupo Municipal do Partido Comunista Português propõe que a Assembleia Municipal, na sua reunião de 10 de Dezembro, delibere solicitar à Câmara Municipal:
1. Que proceda, com urgência, ao levantamento de todas as situações graves, com vista a encontrar uma solução para resolver as necessidades habitacionais prementes das famílias do Pátio dos Piçarra.
2. Informações sobre o desenvolvimento dos programas municipais de prevenção das condições de risco, bem como sobre os processos de avaliação e reabilitação do património municipal, com condições para o realojamento das populações já sinalizadas nos serviços municipais.
 
A Deputada Municipal do PCP
 
Rita Magrinho
publicado por cdulumiar às 11:30
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 9 de Dezembro de 2009

Requerimento sobre o Bairro da Cruz Vermelha, apresentado pelo Grupo Municipal do PEV , a 03 de Dezembro de 2009

Assunto: Falta de condições de habitabilidade no Bairro da Cruz Vermelha

O Bairro da Cruz Vermelha situa-se na freguesia do Lumiar e tem cerca de 10 hectares. A inauguração solene deste bairro data de 1967, tendo sido originalmente criado para realojar os desalojados das cheias na zona de Odivelas e para pessoas com baixos recursos.

Considerando que neste bairro, no Pátio dos Piçarra, vivem quatro famílias, constituídas por quinze pessoas, em casas em ruínas, onde há infiltrações de água, os tectos estão em risco de cair e não há instalações sanitárias.

Considerando que estas habitações não oferecem o mínimo de condições de conforto, de higiene e de habitabilidade, constituindo um grave risco para a saúde e a segurança das famílias que aí habitam.

Considerando que em Janeiro de 2009 os Bombeiros efectuaram uma vistoria às habitações em causa e aconselharam os moradores a sair com urgência, o que não se verificou até hoje, devido à falta de recursos e de soluções apresentadas.

Considerando que o proprietário das habitações apontou responsabilidades para a autarquia e que os moradores já apresentaram várias vezes a situação à Câmara Municipal de Lisboa, sem terem obtido até ao momento qualquer solução.

Assim, e ao abrigo da al. j) do artº. 12º do Regimento da Assembleia Municipal de Lisboa, venho por este meio requerer a V. Exª se digne diligenciar no sentido de me ser facultada a seguinte informação:

  • 1. Qual o resultado das diversas queixas apresentadas pelos moradores do Bairro da Cruz Vermelha à Câmara Municipal de Lisboa?
  • 2. Quais os procedimentos entretanto efectuados pela Câmara Municipal de Lisboa no sentido de solucionar esta situação? Quais os resultados destes procedimentos?
  • 3. Prevê a autarquia a curto prazo realojar as famílias afectadas?

Requeiro, nos termos regimentais aplicáveis, que me seja igualmente facultado:

  • 4. O Projecto de Requalificação do Bairro da Cruz Vermelha.

Com os nossos melhores cumprimentos.

Assembleia Municipal de Lisboa, 3 de Dezembro de 2009

O Grupo Municipal de "Os Verdes"

publicado por cdulumiar às 11:36
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 21 de Setembro de 2009

Candidatos da CDU visitaram de novo o Bairro da Cruz Vermelha

 

No passado sábado à tarde, dia 19 de Setembro, os candidatos da CDU à Câmara Municipal, incluindo o candidato à presidência da Câmara, Ruben de Carvalho, e à Assembleia de Freguesia do Lumiar, nomeadamente, Teresa Roque e outros elementos da lista da CDU, levaram a efeito uma nova visita às instalações da Associação de Moradores do Bairro da Cruz Vermelha.

 

De seguida repetiu-se uma nova visita pelo bairro, para contactos com os seus moradores e prestação de esclarecimentos sobre as medidas contidas no programa da CDU para a cidade, os bairros municipais e a Freguesia em particular.
 

 
Constatou-se também das condições de habitabilidade, da ausência de equipamentos e das latentes deficiências do espaço público, a par da construção em curso de novos empreendimentos para venda livre.
publicado por Sobreda às 00:28
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 18 de Setembro de 2009

Campanha da CDU na Zona Norte de Lisboa

 

A CDU procede, este fim-de-semana, a diversos contactos com a população, de que apenas aqui destacamos aqueles que terão lugar na Zona Norte de Lisboa.
 
Sábado, dia 19 de Setembro:
10h em Telheiras, com Modesto Navarro e Teresa Roque
10h em São Domingos de Benfica, no Mercado e Estrada de Benfica
10h em S. João, pelas Ruas Barão Sabrosa e Morais Soares, com Rita Magrinho
10h30 em Nª Srª de Fátima, no Mercado, com Manuel Figueiredo
11h30 em Carnide, com Ruben de Carvalho
15h na Freguesia do Campo Grande, com Graça Mexia
16h no Lumiar e Bairro da Cruz Vermelha, com Ruben de Carvalho, Libério Domingues, Teresa Roque e Sobreda Antunes
 
Domingo, dia 20 de Setembro:
10h na Ameixoeira, Charneca e Lumiar, Feira das Galinheiras, com Miguel Tiago
17h em Carnide, com Paulo Quaresma
 
Ver http://cdudelisboa.blogspot.com/2009/09/agenda-politica_17.html
publicado por Sobreda às 01:10
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sábado, 1 de Agosto de 2009

Rua das Quatro Marias

Este arruamento do Bairro da Cruz Vermelha, bem como a R. das Três Marias, a R. das Cinco Marias, e o Largo das Seis Marias, homenageiam as senhoras da secção auxiliar feminina da Cruz Vermelha, de cuja iniciativa nasceu em Janeiro de 1967 este Bairro no Lumiar, com 230 fogos, para albergar famílias cujas barracas tinham ardido em 1962.

As senhoras em causa eram Maria Margarida Montenegro Fernandes Tomás de Morais, Maria Carlota Saldanha Pinto Basto, Maria Emília Moreira Sena Martins, Maria Teresa Assis Palha Holstein Beck, Maria Helena Monteiro de Barros Spínola e Maria Ribeiro Espírito Santo Silva de Melo: lançaram um apelo, através da RTP, para que cada telespectador desse um escudo, a que se associou a CML, cedendo um terreno para a construção do bairro.
 
Ver Metro 2009-07-06, p. 3
publicado por Sobreda às 00:19
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

Autor de ‘carjacking’ detido no Lumiar

A Polícia de Segurança Pública (PSP), deteve, um homem de 28 anos, com “vastos antecedentes criminais por roubo”, minutos depois de ter roubado, à mão armada, uma viatura à sua proprietária, em Loures.

O carro foi furtado às 14h40 de anteontem, junto à estação de Metro do Senhor Roubado, quando a condutora foi surpreendida, ao entrar para a viatura, por um indivíduo que lhe apontou uma faca, levando-lhe também o telemóvel.
Vinte minutos depois, elementos da PSP avistaram o carro no Bairro da Cruz Vermelha, no Lumiar, tendo procedido à detenção do condutor, cuja descrição correspondia à identificação feita pela vítima.
A viatura e o telemóvel foram recuperados sem danos e foi apreendida a faca usada no assalto. O detido já foi ouvido por um juiz da Comarca de Loures mas desconhece-se até ao momento as medidas de coacção aplicadas, que podem ir até à prisão preventiva 1.
Outras situações de ‘carjacking’ foram já aqui descritas neste blogue 2. A sentença habitual apontada pelos juízes é enviar os assaltantes de novo para suas ‘casas’ com a famosa pulseirinha 3. Resta saber qual o alcance real da solução preconizada.
 
1. Ver www.correiomanha.pt/noticia.aspx?channelid=00000021-0000-0000-0000-000000000021&contentid=F344F296-92A7-4A0F-ADDA-748ADC85C255
2. Ver http://cdulumiar.blogs.sapo.pt/363668.html
3. Ver http://cdulumiar.blogs.sapo.pt/366173.html e http://cdulumiar.blogs.sapo.pt/203187.html e http://cdulumiar.blogs.sapo.pt/20704.html e http://cdulumiar.blogs.sapo.pt/24225.html
publicado por Sobreda às 00:06
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 19 de Maio de 2009

AMBCV 100% em movimento

 

No passado domingo dia 17, a Associação de Moradores do Bairro da Cruz Vermelha festejou os seus 15 anos, com a inauguração das instalações do ‘Espaço Senior’.
Com este novo espaço, a AMBCV tem em vista possibilitar aos idosos momentos de convívio com actividades de interacção e de lazer.
A Associação, que foi fundada em 12 de Maio de 1994 e conta actualmente com 500 sócios, está assim duplamente de parabéns.

 

À esquerda, na foto, Teresa Roque, cabeça de lista da CDU à Freguesia do Lumiar. Ao seu lado, o presidente da AMBCV, José Bandeira.
publicado por Sobreda às 01:22
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 15 de Maio de 2009

Novo Espaço Sénior na AMBCV

 

O Espaço Sénior constitui um conjunto de actividades a inaugurar pela Associação de Moradores do Bairro da Cruz Vermelha no domingo, dia 17 de Maio de 2009. A obra está quase pronta.
 
Ver http://ambcvlumiar.wordpress.com/2009/05/10/yes-we-can
publicado por Sobreda às 00:09
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 24 de Abril de 2009

PSP detém suspeitos de tráfico de droga

A Polícia de Segurança Pública deteve esta 6ª fª cinco indivíduos referenciados por tráfico de droga no Bairro da Cruz Vermelha, sendo que um deles está “fortemente indiciado por três tentativas de homicídio de elementos da PSP”, ocorridas a 22 de Janeiro deste ano.

Na operação foram feitas seis buscas domiciliárias no Bairro da Cruz Vermelha e em Camarate, onde foram apreendidos droga, entre heroína, cocaína, cannabis, haxixe e ecstasy, duas armas de calibre proibido, 179 munições de vários calibres, cartuchos, duas balanças digitais, duas viaturas, habitualmente usadas no tráfico, quatro telemóveis e 800 euros em dinheiro.
 
Ver www.correiodamanha.pt/noticia.aspx?contentid=61238723-E3E8-4A62-8C37-8D4A67241D42&channelid=00000021-0000-0000-0000-000000000021
publicado por Sobreda às 21:47
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 14 de Abril de 2009

Novo blogue da AMBCVL

A Associação de Moradores do Bairro da Cruz Vermelha do Lumiar (AMBCVL) foi fundada no ano de 1994 (Diário da República nº 146, III série, de 27 de Junho) em resultado do esforço de um grupo de moradores residentes no bairro que dá nome a esta Associação situada na freguesia do Lumiar.

A motivação destes moradores foi a de tentar que os problemas do seu bairro não caíssem no esquecimento dos autarcas e governantes da cidade e do país. A totalidade dos fundadores residia na Rua Maria Margarida, lotes 3, 4 e 5, do bairro da Cruz Vermelha. Dos fundadores só um era natural de Portugal, os restantes eram naturais de Cabo Verde.
A sede actual - a terceira desde 1994 - situa-se na Rua Maria Carlota, nº 8, Loja A, junto à zona do bairro que acolheu várias centenas de habitantes oriundos de outras zonas de realojamento.
O objectivo estatutário da associação consiste em criar e melhorar as infra-estruturas de apoio directo à comunidade residente, nomeadamente, através de uma melhor iluminação pública, de uma eficaz segurança policial, da criação de recintos desportivos e zonas verdes, da resolução dos problemas relacionados com habitação, da promoção o aperfeiçoamento social, cultural, físico e cívico.
Um dos desafios, entretanto conquistado, foi a de ter uma sede definitiva para a associação.
Desde o seu início a associação de moradores teve o cuidado de informar regularmente os moradores do bairro das principais questões do seu interesse, quer por correio, quer organizando sessões de esclarecimento, quer apelando à sua participação em sessões públicas da Junta de Freguesia e da CML.
Para além de informar, a Associação de moradores preocupa-se em exercer uma forte pressão política, quer através da sua presença nas reuniões públicas na Junta e Assembleia de Freguesia do Lumiar, quer através de reuniões com as várias vereações da CML, quer com os vários partidos políticos representados na Assembleia da República, quer ainda reunindo com outras associações de moradores.
Entre as actividades culturais, sociais e desportivas é de referir a organização de festas populares, passeios regulares a várias zonas do país, campanhas de sensibilização cívica, organização de um espaço para explicações escolares, organização de uma equipa de futebol, criação de um grupo de ciclismo, criação de um espaço de convívio para os associados, entre outras.
No que diz respeito à resolução dos problemas ligados à habitação, vêm manifestando uma actuação especialmente empenhada, nomeadamente, na legalização de situações irregulares, transferências e desdobramentos de famílias de forma a viverem de forma condigna e legal em casas no bairro. Graças à actuação persistente da Associação foi possível incluir as mais de 200 famílias no programa PER (Programa Especial de Realojamento) que habitavam na zona mais antiga do bairro.
Um outro exemplo expressivo da sua actuação foi a luta contra o desaparecimento de um edifício histórico do bairro (situado ao lado da creche) que se encontrava em escombros, e cujo futuro estava bloqueado por divergências entre a Santa Casa da Misericórdia e a CML, e após a intervenção conciliadora desta associação foi possível resolver o problema a favor do bairro, sendo hoje um Centro de Artes e Formação, gerido pela Junta.
Esta Associação pretende, em síntese, preparar o presente para construir e melhorar o futuro, certos de que só com uma intervenção participativa e reivindicativa dos moradores é que as suas expectativas e necessidades poderão ser alcançadas! Agora diversificam os seus meios de comunicação através do seu primeiro blogue.
 
Ver http://ambcvlumiar.wordpress.com
publicado por Sobreda às 01:17
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 2 de Fevereiro de 2009

Roteiro CDU dos bairros municipais

Os vereadores e os eleitos da CDU na Câmara e Assembleia Municipais começaram a dar cumprimento a um calendário de contactos com associações de moradores e residentes de vários bairros da capital.

No dia 29, 5ª fª, às 21 horas, Manuel Figueiredo reuniu com a Associação de Moradores das Galinheiras, Ameixoeira, no Centro de Trabalho do Lumiar e no dia seguinte, 6ª fª, pelas 21 horas, realizou-se uma reunião com Associações de Moradores da Zona Oriental.
Durante o fim-de-semana este roteiro de contactos estendeu-se a outras freguesias, com a finalidade de se proceder a um levantamento das condições de vida e de habitabilidade de outros bairros municipais.
No sábado, dia 31, às 10 h, Rita Magrinho esteve de visita ao Bairro das Furnas, em São Domingos de Benfica, contactando a Associação de Moradores do bairro. Também às 10 h, Carlos Carvalho visitou o Bairro da Boavista, em Benfica, contactando com a Comissão local de Utentes da Carris e Carlos Moura, no mesmo dia e à mesma hora, visitou o Bairro Carlos Botelho, no Beato, enquanto Inês Zubber e Modesto Navarro (AML) visitavam o Bairro Mouzinho de Albuquerque, em São João.

 

 

Ainda no sábado, mas da parte da tarde, Carlos Carvalho, Sobreda Antunes (AML) e Teresa Roque (Lumiar) visitaram o Bairro da Cruz Vermelha, reunindo com a Associação de Moradores do bairro, a que se seguiu uma visita para contacto directo com algumas das situações que há muito aguardam resolução pelas instituições responsáveis da cidade.
Finalmente, no domingo, dia 1 à tarde, Manuel Figueiredo reuniu-se com as associações de moradores dos Bairros do Marquês de Abrantes, dos Salgados e Alfinetes, em Marvila.
A CDU nas autarquias reafirma-se com uma força alternativa de trabalho, honestidade e competência.
 
Ver http://cdudelisboa.blogspot.com/2009/01/cdu-ao-encontro-das-pessoas.html
publicado por Sobreda às 00:51
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 22 de Janeiro de 2009

Tiroteio no Bairro da Cruz Vermelha

Um homem aparentando 30 anos foi, na 3ª fª, morto a tiro no Bairro da Cruz Vermelha, no Lumiar.

De acordo com o Comando Metropolitano da PSP de Lisboa, o homem foi baleado mortalmente por volta das 21h30, já estando cadáver quando chegaram os meios de socorro, accionados pelo número de emergência 112. O corpo foi levado para a Medicina Legal.
A mesma fonte disse que são desconhecidos os autores e mais pormenores sobre este crime, tendo a Polícia Judiciária estado no local.
 
Ver http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1356937
publicado por Sobreda às 02:25
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 6 de Agosto de 2008

Desenlace policial na Cruz Vermelha

A PJ de Lisboa deteve um dos autores e a vítima de um assalto à mão armada decorrido em Janeiro no bairro da Cruz Vermelha, após o qual o jovem roubado tentou atingir a tiro os assaltantes.
Segundo informou ontem aquela entidade policial, o crime ocorreu durante a noite, quando dois homens estrangeiros roubaram um telemóvel e mais de 200 euros a um português de 24 anos, morador naquele bairro, sob a ameaça de uma pistola de calibre 6.35 mm.
Numa tentativa de vingança, a vítima foi a casa buscar uma pistola idêntica e atirou sobre os assaltantes, sem conseguir atingi-los.
No âmbito das duas detenções, ocorridas no final do mês de Julho, a Polícia Judiciária apreendeu ambas as armas e ainda uma caçadeira modificada para ser utilizada em assaltos à mão armada, que estava na posse do cidadão estrangeiro e havia sido roubada há meses de uma residência no concelho de Loures.
Ao assaltante detido, de 19 anos, foi imposta a apresentação semanal no posto policial da sua área de residência, enquanto a vítima foi presente a julgamento sumário, cujo resultado não foi divulgado.
“Nestes casos, há normalmente uma pena de dias de prisão com a alternativa de pagamento de multa ou, mais raramente, pena suspensa”, afirmou uma fonte da PJ, adiantando que a investigação continua a decorrer, na tentativa de identificar e deter o segundo autor do assalto.
 
Ver http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=343662 e http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=104428
publicado por Sobreda às 00:18
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 20 de Novembro de 2007

Biblioteca a meio gás

A Biblioteca Municipal Maria Keil reabriu ao público no passado dia 10 de Julho, após prolongadas obras de reestruturação e requalificação. O equipamento, que demorou vários anos a ser revitalizado, apresenta uma nova dinâmica, com uma programação de actividades lúdicas e culturais, dirigidas a crianças dos 5 aos 12 anos de idade e suas famílias.

Localizada numa loja da Alto do Lumiar, numa zona em expansão urbana, caracteriza-se por uma grande diversidade cultural e um elevado número de crianças, que urge apoiar e acompanhar, oferecendo uma diversidade de actividades que se destinam a despertar o interesse pelo livro e pela leitura e pelas tecnologias de informação 1.

Importa destacar duas características. Primeiro, que cumpre a legislação vigente, no que se refere à acessibilidade nos equipamentos públicos, a pessoas portadoras de deficiência motora 2. Mas também que a oferta dos seus serviços se restringe a um horário demasiado limitado, tendo em conta as disponibilidades temporais e dificuldades socio-económicas de grande parte da população abrangida, designadamente a do Bairro da Cruz Vermelha.

 

1. Ver http://blx.cm-lisboa.pt/gca/index.php?id=1115

2. Ver http://blx.cm-lisboa.pt/gca/?id=1117

publicado por Sobreda às 02:03
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 1 de Outubro de 2007

Acessibilidades no Bairro da Cruz Vermelha

Em face da necessidade de se proceder a uma obra referente à execução das infra-estruturas gerais, rede viária, esgotos domésticos e pluviais, na zona de implantação da Malha 14 e dos arruamentos envolventes sitos no Alto do Lumiar, irão ocorrer condicionamentos no local, que obrigam à interrupção parcial da circulação de trânsito na Rua Maria Margarida.

A CML refere que a implementação do referido plano de ocupação e desvio, tem o seu início marcado para Outubro de 2007 e a duração prevista de cinco meses, garantindo que a circulação pedonal será sempre assegurada, tal como o acesso viário e pedonal à Escola Básica nº 91.

Para facilitar a mobilidade local, a CML informa ainda que a PSP-DT ou a PM estarão no local para acompanhar a implantação das alterações viárias e pedonal na Rua Maria Margarida 1. Segundo outra fonte, o início do condicionamento de trânsito está previsto para ter início já hoje mesmo 2.

 

1. Ver www.cm-lisboa.pt/index.php?id_item=14851&id_categoria=11

2. Ver Global notícias 2007-10-01, p. 6

publicado por Sobreda às 17:06
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2007

A Rua Pedro de Queirós Pereira está de luto

A Rua Pedro de Queirós Pereira (PQP), sita no Bairro da Cruz Vermelha do Lumiar está de novo em luta, preparando-se os seus moradores para manifestar a sua indignação *.

É que a requalificação da zona era precisamente uma das 309 medidas apresentadas pelo actual executivo camarário, em Outubro de 2005, para os primeiros 6 meses de mandato (ver “Medidas a concretizar nos primeiros 180 dias da minha governação na Câmara Municipal de Lisboa”, p. 27). Passados 16 meses tudo continua na mesma. Apesar dos inúmeros protestos dos moradores e das repetidas denúncias dos eleitos da CDU (PCP/PEV).

Por diversas vezes os eleitos locais se deslocaram ao local, reuniram com os fregueses ou com a Associação de Moradores (AMBCV) e alertaram publicamente através de comunicados sobre o estado do bairro e as condições de vida dos residentes, como, por exemplo, em Janeiro de 2003, em Maio de 2005, etc.

Depois, em Junho de 2005, a própria vereadora Rita Magrinho, acompanhada pelos eleitos da CDU na Assembleia de Freguesia do Lumiar, fez uma visita à Rua PQP, alertando sobre a sua degradada situação em posterior reunião de Câmara.

De novo em 3 de Junho de 2006 os eleitos da Assembleia de Freguesia, acompanhados desta vez pelo vereador Manuel Figueiredo e por deputados municipais do PCP e do PEV regressaram à Rua PQP, tendo intervido na Assembleia Municipal em 20 de Junho, reportando as justas preocupações dos moradores (ver Público de 18 de Junho).

Os eleitos locais apresentaram inclusive na Assembleia de Freguesia do Lumiar de 22 de Junho (conferir o sítio web da Junta) uma Moção que propunha, entre muitos outros considerandos o “acompanhamento do necessário projecto de requalificação da Rua Pedro de Queirós Pereira, em parceria com os moradores (inquilinos e condóminos)”. Tendo sido aprovada por UNANIMIDADE, qual o seu resultado? Orelhas moucas dos actuais executivos de freguesia e camarário.

Agora os moradores encetam outros processos de denúncia, tendo marcado para sábado dia 24 a afixação de tarjetas negras nas suas janelas “em sinal de tristeza e de desagrado”. E perguntam: “Que medidas e que soluções foram tomadas para a nossa Rua”. E apontam com toda a razão o dedo ao Presidente da Câmara: “O sr. não cumpriu a promessa, o sr. não é credível”.

 

* Ver o URL http://viveraltadelisboa.blogspot.com 

publicado por Sobreda às 20:02
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

.Participar

. Participe neste blogue