Blogue conjunto do PCP e do PEV Lumiar. Participar é obrigatório! Vê também o sítio www.cdulumiar.no.sapo.pt

.Temas

. cml(388)

. governo(157)

. telheiras(157)

. cdu(146)

. lumiar(133)

. eleições autárquicas(131)

. urbanismo(117)

. pcp(101)

. alta do lumiar(97)

. partidos políticos(96)

. segurança(94)

. orçamento(93)

. carnide(84)

. pev(83)

. trabalho(83)

. desemprego(77)

. saúde(76)

. trânsito(74)

. sindicatos(70)

. economia(68)

. todas as tags

.Pesquisar neste blogue

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
23
24
29
30
31

.Artigos recentes

. Bombinha estraga festa na...

. Ai Manjerico, manjerico

. Arraiais e marchas cortam...

. Arraiais começam amanhã a...

.Arquivos

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Ligações

Terça-feira, 1 de Setembro de 2009

Bombinha estraga festa na Charneca

A PSP foi obrigada a evacuar o recinto onde decorriam as festas da Freguesia da Charneca, depois de dois cidadãos brasileiros terem lançado ‘uma bomba’ de gás-pimenta.
O caso aconteceu já na madrugada de domingo, pela 01h30 e só não causou consequências maiores porque já estavam “poucas pessoas na festa”, segundo esclareceu fonte da Junta de Freguesia.
A PSP esclareceu que os dois suspeitos actuaram depois de desavenças com um outro grupo. A PSP foi chamada ao local e surpreendeu um dos suspeitos a lançar um objecto para o recinto. “Foi apreendido o spray gás-pimenta e uma navalha e os dois suspeitos, de 19 e 35 anos, acabaram detidos”.
Algumas pessoas que se encontravam no recinto sentiram irritação nos olhos, consequência do spray gás-pimenta, mas não necessitaram de ser transportadas ao hospital para serem assistidas por um médico.
A PSP evacuou o recinto, no Campo das Amoreiras, e pôs um ponto final na festa, na qual “o baile já tinha terminado, estavam poucas pessoas”.
Segundo a PSP, todos os anos há desacatos naquela festa. “Ainda assim este foi o único incidente registado este ano”. A festa continuou na noite de domingo. No próximo ano, prevê-se que a festa continue, com ou sem bombinha.
 
Ver http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1349568&seccao=Sul
publicado por Sobreda às 13:03
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sábado, 13 de Junho de 2009

Ai Manjerico, manjerico

 

 

De onde vem a tradição?

O manjerico é originário da Índia, foi símbolo de luto para os gregos e do amor para os romanos. Em Portugal é oferecido com quadras românticas ou jocosas.
Não deve ser cheirado, mas sim tocado ao de leve e sentir-se o aroma a partir da palma da nossa mão. Diz ainda a tradição que deve ser regado ao luar, não vá ele murchar.
 
«Manjerico, manjerico,
Manjerico que te dei,
A tristeza com que fico
Inda amanhã a terei.
Santo António de Lisboa
Era um grande pregador,
Mas é por ser Santo António
Que as moças lhe têm amor.
Meu coração a bater
Parece estar-me a lembrar
Que, se um dia te esquecer,
Será por ele parar.»
 
Ver ‘Quadras ao Gosto Popular’ por Fernando Pessoa IN http://arquivopessoa.net/textos/1936
publicado por Sobreda às 00:26
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 11 de Junho de 2009

Arraiais e marchas cortam trânsito em Lisboa

 

A CML divulgou os cortes de trânsito impostos pela quadra festiva na cidade de Lisboa.
No âmbito da Festas de Lisboa, a realização do tradicional “Desfile das Marchas Populares na Avenida da Liberdade” irá levar aos seguintes cortes de trânsito:
- na Av. da Liberdade, entre as 23h do dia 11 de Junho e as 6h do dia 12 de Junho. Nas vias centrais desta mesma avenida, no dia 12 de Junho a partir das 17h e, nas vias laterais, a partir das 20h. A Avenida será reaberta ao trânsito às 10h do dia 13 de Junho, após limpeza da zona. No acesso do Túnel do Marquês à rotunda, no dia 12 de Junho a partir das 17h. A circulação no Rossio será interrompida a partir das 20h do dia 12 de Junho.
Novo condicionamento de trânsito será efectuado por causa da realização dos tradicionais “Arraiais Populares”. O tráfego nos seguintes arruamentos será cortado entre as 18h do dia 12 de Junho e as 7h do dia 13:
- na Rua da Alfândega/Rua da Madalena; Largo da Madalena/Rua da Madalena; Largo Adelino Amaro da Costa/Rua da Madalena; Largo do Martim Moniz/Rua dos Cavaleiros; Rua das Olaias/Calçada do Monte; Travessa do Açougue/Rua de São Tomé; Largo da Graça/Calçada da Graça; Largo da Graça; Rua Voz do Operário/Rua de São Vicente/Calçada do Correio Velho; Rua dos Remédios/Rua Museu da Artilharia; Rua dos Remédios; Rua Museu da Artilharia/Rua Jardim do Tabaco; Boqueirão da Praia da Galé; Boqueirão da Ponta de Lama; Rua dos Remédios/Largo do Chafariz de Dentro; Avenida Infante Dom Henrique/Cais da Lingueta; Avenida Infante Dom Henrique/acesso ao Campo das Cebolas; Rua Cais de Santarém/Campo das Cebolas; Rua dos Arameiros/Rua da Alfândega; Avenida Infante Dom Henrique/Rua dos Arameiros.
 
Ver http://news.automotor.xl.pt/?s=12&n=24472&nivel=3
publicado por Sobreda às 00:11
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 31 de Maio de 2009

Arraiais começam amanhã a colorir as ruas de Lisboa

 

A partir de manhã e até 30 de Junho a capital é invadida por cheiros, sons e cores que indicam a chegada de um dos eventos mais tradicionais das Festas de Lisboa: os arraiais. À semelhança dos outros anos, os dias fortes serão os fins-de-semana e os feriados.
Ao calor juntam-se as sardinhas, o manjerico e a música popular que se espalham pelas ruas da capital. É já amanhã que os arraiais dos Santos Populares tomam conta dos bairros históricos, onde 25 colectividades já têm tudo preparado para a festa.
O ritual vem desde a Idade Média e graças às organizações e à vontade popular, as festividades continuam com grande vitalidade. Há 18 freguesias prendadas com arraiais mas nem todas começam já amanhã. Aliás, como explicam os organizadores, os dias mais fortes são “os fins-de-semana e as vésperas de feriado de Junho”.
Apesar do primeiro arraial na zona de S. Vicente de Fora se realizar apenas no dia 9, um exército de voluntários já tem quase tudo preparado. O coordenador das festas populares d'A Voz do Operário, Vitor Agostinho, conta que no beco onde costuma decorrer a animação “as paredes já estão todas pintadas com desenhos naif de zonas emblemáticas da cidade”.
O mesmo acontece com o Centro de Cultura Popular de Santa Engrácia, responsável pelos arraiais naquela zona, onde apesar dos “bailaricos” só arrancarem dia 6, já foram ultimados os preparativos. “Ainda hoje [ontem] de madrugada estivemos até às 6 da manhã a embelezar o arraial”.
Todos estes locais têm formas diferentes de viver o Santo António. A Voz do Operário decidiu animar a rua com noites de fado. Vítor Agostinho explica que a ideia é ter “fadistas amadores, sem grandes nomes, para ter um arraial calminho”.
No ringue do Clube Sportivo de Pedrouços, na zona de Santa Maria de Belém, também “já está tudo decorado. Já temos bandeiras, festão, luzes e manjerico, só falta umas palmeiras”, conta o seu vice-presidente.
Já a estratégia do Club Sportivo de Pedrouços passa por ter um "bom preço" nas sardinhas: "80 cêntimos". Assim, Vítor Santos acredita que o arraial "vai ficar cheio, porque vem tudo de Alfama para comer aqui uma sardinhada".
Apesar de todos quererem um “ambiente familiar” para os seus arraiais e reconhecerem que estes só são possíveis devido a uma solidariedade bairrista, tal não significa que os forasteiros sejam indesejados. Todos os organizadores revelam que “vem sempre muita gente de fora” 1.
Também em Telheiras, a A.R.T. está a começar a organizar um convívio popular - sardinhada, claro - no próximo dia 26 de Junho. Por isso, quem gosta de arraiais basta escolher um local ou então seguir o mais fiel dos sinais: o cheiro a sardinha! Conviva!
 
1. Ver http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1249286&seccao=Sul
publicado por Sobreda às 09:08
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

.Participar

. Participe neste blogue